publicidade
13/01/21
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Com tropeços de adversários na rodada, Náutico abre três pontos de distância do Z4 da Série B

13 / jan
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 21:38

O Náutico mantém sua reação, faz a sua parte, e também conta com a ajuda dos resultados dos adversários para se manter fora da zona de rebaixamento da Série B. Nesta quarta-feira, o Vitória empatou com o Avaí, em Florianópolis-SC, por 2×2. Com isso, o time baiano chegou a 38 pontos, um a menos que o Timbu, e segue na 16ª posição. Na terça (12), o Figueirense foi derrotado pela Chapecoense fora de casa, no clássico catarinense, por 2×1. Desta forma, o Alvinegro se manteve estacionado com 36 pontos e caiu para o 18º lugar. Isso porque ele foi ultrapassado pelo Paraná, que bateu o CSA em Curitiba-PR por 2×0, alcançou a mesma pontuação, e se posta em 17º por ter uma vitória a mais.

LEIA MAIS

>> Apesar de relacionar atletas da base do Náutico, técnico é cauteloso com uso deles na reta final da Série B

>> Contra a Ponte Preta, Hélio dos Anjos mira primeira vitória fora de casa no comando do Náutico

>> Café da Manhã: empate do Náutico, saída de Jonatan Gomez e decisão do Santa Cruz

>> A transformação do Náutico na Série B

>> Hélio dos Anjos afirma que jogo contra América mostrou que “Náutico tem um time”

Agora restam quatro rodadas para o fim da Segunda Divisão. O Timbu precisa chegar a 46 pontos, número que, hoje, garante matematicamente a permanência. Para isso, é necessário mais duas vitórias e um empate. O próximo desafio para alcançar essa meta será contra a Ponte Preta, neste domingo (17), às 16h, em Campinas-SP.

Do outro lado, o Náutico passa a secar os rivais. O Figueirense encara o Brasil de Pelotas-RS em casa, nesta sexta (15), às 17h30. No mesmo dia, mas às 19h15, o Paraná vai até São Luís-MA enfrentar o Sampaio Corrêa. Enquanto isso, o Vitória volta à Salvador-BA para duelar diante da Chapecoense, no domingo, às 16h.


FECHAR