publicidade
12/01/21
Premier League aumentou rigidez no combate ao novo coronavírus. Foto: AFP
Premier League aumentou rigidez no combate ao novo coronavírus. Foto: AFP

Premier League registrou 36 positivos para covid-19 na semana passada

12 / jan
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 13:06

AFP – Premier League anunciou um total de 36 positivos para covid-19 após testes realizados na semana passada, o que representa uma ligeira diminuição em comparação aos infectados nos sete dias anteriores.

Os calendários da Premier League e da FA Cup, os dois principais torneios da Inglaterra, estão sendo alterados devido a um forte aumento dos positivos nos últimos 15 dias, relacionado à descoberta de uma nova variante do vírus, muito mais contagioso, naquele país.

Isso levou o governo britânico a decretar um novo confinamento geral.

Pouco antes deste anúncio, foi relatada a suspensão da partida da 18ª rodada da Premier League entre Aston Villa e Tottenham marcada para a próxima quarta-feira, após 9 jogadores e 5 membros da comissão técnica do clube de Birmingham testarem positivo para covid-19.

LEIA MAIS

> Premier League faz mudanças no calendário por conta da covid-19

> Técnico Julen Lopetegui renova com o Sevilla até 2024

> Juventus vence Sassuolo no sufoco e se aproxima do pódio do Italiano

Os ‘Villans’ já haviam sido forçados a jogar com um time reserva na última sexta-feira contra o Liverpool, pelos 32-avos de final da Copa da Inglaterra e que terminou com a derrota do Aston Villa por 4-1.

A Premier League, que tornou mais rígidos os protocolos para combater a covid-19 de acordo com os 20 clubes da primeira divisão, alertou que seria mais severo com os jogadores que quebrassem as regras.

Mas as vozes também começaram a se levantar contra continuar jogando nessas condições.

“Financeiramente, é bom continuar jogando, mas para mim, moralmente, provavelmente é uma coisa ruim”, disse o técnico do Newcastle, Steve Bruce, na sexta-feira, cujo clube foi o primeiro a pedir o adiamento de uma partida do campeonato e teve que fechar seu centro de treinamento no início de dezembro como resultado dos inúmeros casos positivos em seu elenco.


FECHAR