publicidade
30/12/20
 Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Santa Cruz: “Perdi minha maior referência”, diz Tinga sobre morte do pai

30 / dez
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 18:53

A quarta-feira (30) tem sido de luto no Santa Cruz. Além do falecimento da esposa do técnico Marcelo Martelotte – Renata Guido Martelotte -, o volante Tinga também perdeu um ente querido nesta manhã. O seu pai, Luiz Gonzaga de Araújo, foi mais uma vítima fatal da covid-19.

LEIA MAIS

>> Presidente do Santa Cruz revela apoio para Martelotte e também lamenta falecimento do pai de Tinga

>> A carência ofensiva de Sport, Náutico e Santa Cruz

>> Morre esposa do técnico Marcelo Martelotte

Bastante consternado com a perda, o cabeça de área lamentou a morte de sua referência. “Hoje é um dos dias mais difíceis da minha vida. Em um ano de tantas notícias tristes, perdi a minha maior referência, um dos meus grandes incentivadores, meu pai”, declarou Tinga, que só soube da morte do pai após o treinamento na manhã desta quarta-feira.

Atravessando esse momento tão difícil, o volante de 30 anos reforçar que o ideal a se fazer nessas horas é se resguardar e se cercar de pessoas queridas. “Agora é o momento de ficar ao lado da minha família. Desde já, agradeço pelas mensagens de força e carinho que tenho recebido. Muita paz a todos”, finalizou.

Duelo

O Santa Cruz volta a campo no próximo domingo (3), às 18h, no estádio do Arruda, para encarar o Ituano pela 4ª rodada do quadrangular final da Série C. Entretanto, a direção coral deixou Tinga e Martelotte bem à vontade nesse momento delicado, com ambos sendo reintegrados ao elenco quando se sentirem confortáveis.


FECHAR