publicidade
30/12/20
Foto: Dinho Zanotto/Estadão Conteúdo
Foto: Dinho Zanotto/Estadão Conteúdo

Rhaldney avalia importância da repetição do time do Náutico em sequência na Série B

30 / dez
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 18:27

O volante Rhaldney voltou a crescer com o restante da equipe do Náutico nos últimos jogos. Um dos pilares defensivos da equipe, ele mantém uma regularidade no seu nível de desempenho e tem, também, ajudado mais no momento ofensivo do Timbu ao se aproximar da área quando o time ataca e, até mesmo, aparecendo para finalizar. Nesse processo de evolução não só dele, mas da equipe, passou também pela manutenção de uma base que Hélio dos Anjos encontrou. Na visão do prata da casa, apesar de todos terem suas oportunidades e qualidade para estar entre os titulares, a repetição tem ajudado o Alvirrubro a seguir com esse crescimento na Série B.

LEIA MAIS

>> Anderson se destaca em boa fase do Náutico e divide méritos

>> Gringos vão fazer falta a Náutico e Sport

>> Próximo rival do Náutico, Confiança é recebido com protesto por uniformizada e tem atleta agredido

>> Executivo é otimista com reação do Náutico na Série B e exalta evolução do grupo

>> Náutico comunica que o atacante Guillermo Paiva não permanece no clube

“A gente trabalha todos os dias e não tem sombra de dúvidas que quem entrar no nosso lugar, por questões de cartão ou lesão, dará conta, porque o trabalho que é passado para nós também é passado para eles. Mas acho importante, sim, essa questão da equipe estar se repetindo, porque fica bom para  gente, que sabe onde o outro está para poder tocar a bola, e o entrosamento é muito importante para nós dentro de campo”, afirmou Rhaldney.

Rhaldney tem sido o principal jogador da cabeça de área alvirrubra. Ali, como primeiro volante, já jogou ao lado de Djavan (seu atual companheiro no time), Jhonnatan, Matheus Trindade, Bustamante, Renan Foguinho, Luanderson, Josa e Wagninho. Ou seja, atuou com todos os volantes que estão ou passaram pelo Náutico nesta temporada, seja por alguns minutos ou por várias partidas. Essas várias mudanças podem ser prejudiciais em momentos, mas o prata da casa valoriza o fato de ajudar a conhecer cada vez mais cada companheiro.

“Sobre o fato de estar revezando com meus companheiros, acho que não atrapalha em nada. Ao contrário, me faz conhecer cada um deles ainda mais, porque cada um tem um potencial importante dentro do clube. E conhecê-los cada vez mais fica melhor para mim”, finalizou.


FECHAR