publicidade
29/12/20
Atacante Ari Moura, do Confiança, foi agredido por membros de uniformizada durante protesto. Foto: Reprodução/Internet
Atacante Ari Moura, do Confiança, foi agredido por membros de uniformizada durante protesto. Foto: Reprodução/Internet

Próximo rival do Náutico, Confiança é recebido com protesto por uniformizada e tem atleta agredido

29 / dez
Publicado por Blog do Torcedor em Náutico às 21:05

O Confiança passa por uma fase bastante complicada na Série B. Com cinco derrotas consecutivas, a equipe sergipana, que é o adversário do Náutico na próxima rodada, perdeu para o Brasil de Pelotas-RS por 1×0 na segunda-feira (28). Nesta terça (29), o time foi abordado na saída do aeroporto por integrantes de uma uniformizada que se declara torcedora do Dragão. Com ameaças, agressões verbais e físicas feitas por parte da facção, o atacante Ari Moura foi agredido e sofreu um corte no supercílio.

Nas redes sociais, circulam vídeos que mostram a abordagem de membros da uniformizada aos atletas e comissão técnica na saída do saguão. Os jogadores pararam e ouviram xingamentos e cobranças por vitórias, já que a equipe azulina está a apenas quatro pontos do Náutico, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. Caso aconteça uma nova derrota, fica a um ponto somente e amplia ainda mais a crise na Segundona. Dragão e Timbu se enfrentam no dia 4 de janeiro, às 20h, no estádio Batistão, em Aracaju.

O Confiança e a Federação Sergipana de Futebol (FSF) emitiram notas repudiando o ato da facção uniformizada. As entidades buscarão os seus setores jurídicos para denunciar o grupo organizado no Ministério Público, buscando punição aos envolvidos nas agressões.

LEIA MAIS

>> Executivo é otimista com reação do Náutico na Série B e exalta evolução do grupo

>> Náutico comunica que o atacante Guillermo Paiva não permanece no clube

>> Náutico vê fase ruim na Série B como aprendizado para atual reação da equipe

>> Hereda cresce de rendimento no Náutico e agradece a Hélio dos Anjos

Confira a nota emitida pelo Confiança

A Associação Desportiva Confiança vem a público repudiar a atitude de um grupo de vândalos na chegada da equipe profissional na tarde desta terça-feira (29) no aeroporto Santa Maria em Aracaju.

O grupo de vândalos atingiu de forma violenta o atleta Ari Moura e amedrontou outras pessoas que estavam no aeroporto.

A assessoria jurídica já está tomando todas as medidas cabíveis para identificar os responsáveis e providências serão tomadas.

O atleta foi atendido pelo médico do clube e está recebendo todo o suporte necessário.

O Confiança combate qualquer tipo de violência e ressalta a importância do respeito com os atletas. Todos do clube têm total ciência do momento difícil e precisamos de união e apoio ao time. Juntos vamos superar a fase ruim e conquistar o nosso maior objetivo: permanecer na série B.

A segurança no Estádio Sabino Ribeiro será reforçada para dar tranquilidade à todos que trabalham no clube.

Confira a nota da Federação Sergipana de Futebol

A Federação Sergipana de Futebol (FSF) manifesta veemente repúdio às atitudes agressivas e antidesportivas de vândalos disfarçados de torcedores da Associação Desportiva Confiança (ADC) que agrediram fisicamente o atacante Ari Moura e verbalmente os demais jogadores, membros da comissão técnica e diretoria do clube sergipano.

O fato ocorreu na tarde desta terça-feira (29/12), em Aracaju, nas dependências do Aeroporto Santa Maria. A entidade abomina em todos os sentidos atitudes de violência no futebol e lamenta que delinquentes façam uso da camisa de um clube ou de torcida para praticar tais atos de desrespeito aos profissionais que estão disputando e representando, o Confiança no Campeonato Brasileiroda Série da B.

O Departamento Jurídico da FSF, já foi acionado para acompanhar o caso que envolve um clube filiado. A entidade também irá protocolar uma denúncia no Ministério Público de Sergipe contra a injusta violência cometida nesta tarde. O futebol clama por justiça e que os responsáveis sejam identificados e punidos no rigor da lei.


FECHAR