publicidade
23/12/20
Rafael Ribeiro fez o primeiro gol do Náutico contra o Cuiabá.  Alexandre Gondim/JC Imagem
Rafael Ribeiro fez o primeiro gol do Náutico contra o Cuiabá. Alexandre Gondim/JC Imagem

Náutico repete a fórmula

23 / dez
Publicado por Marcos Leandro em Náutico às 8:15

A quarta vitória seguida em casa do Náutico na Série B teve algumas semelhanças com a terceira. Assim como no triunfo por 1×0 sobre o Sampaio Corrêa, sábado passado (19), também nos Aflitos, o Timbu jogou melhor no segundo tempo no 2×0 ante o Cuiabá na terça (22). E teve um zagueiro como protagonista.

LEIA MAIS

> Náutico vence o Cuiabá e deixa o ‘secador’ ligado para seguir fora do Z-4 da Série B

> O efeito Hélio dos Anjos no Náutico

> Náutico goleia Fortaleza e conquista título inédito da Copa do Nordeste Sub-20

No jogo anterior, Camutanga fez o gol da vitória. Na terça, foi seu companheiro de zaga, Rafael Ribeiro, o grande destaque. Fez o primeiro gol, de cabeça (assim como Camutanga contra o Sampaio), e ainda foi bem na defesa, evitando em cima da linha um gol de Elton (ex-Sport). Aliás, foi o sexto jogo (de dez com Hélio) que o Náutico não levou gol. A dupla Rafael Ribeiro e Camutanga, que contra o Dourado sofreu um corte na cabeça e teve que deixar o jogo, está muito afinada. Aliás, o Náutico fez outra boa partida defensivamente. O Cuiabá chegou poucas vezes à meta do goleiro Anderson.

 

O segundo gol do Náutico veio em um pênalti sofrido pelo atacante Paiva, que se redimiu após ter perdido um gol feito no começo do segundo tempo. Jean Carlos cobrou bem e sacramentou a nova vitória do Timbu, que outra vez jogou mais do que seu adversário. Por isso, colhe os frutos de deixar, no momento, o Z-4.

PODCAST

Nesta quarta (23), às 16h, tem mais um episódio do Na Cara do Gol, podcast do futebol pernambucano da Rádio Jornal. Estarei nessa com Alexandre Costa, Lilian Fonsêca e Marcelo Cavalcante. Ao vivo, no Youtube da TV JC e da Rádio Jornal. A reação do Náutico na Série B será um dos temas do programa.


FECHAR