publicidade
21/12/20
Camutanga é um dos destaques do Náutico. Foto: Caio Falcão/Náutico
Camutanga é um dos destaques do Náutico. Foto: Caio Falcão/Náutico

Hélio dos Anjos valoriza desempenho e liderança de Camutanga no Náutico: “É exemplo”

21 / dez
Publicado por Lucas Holanda em Náutico às 13:04

Capitão e autor do gol da vitória do Náutico diante do Sampaio Corrêa, no último sábado, o zagueiro Camutanga foi bastante elogiado pelo técnico Hélio dos Anjos na coletiva pós-jogo. De acordo com o treinador, o defensor vem conseguindo aliar o desempenho dentro de campo com a liderança, e por conta disso vem sendo o capitão enquanto o zagueiro Ronaldo Alves e o atacante Kieza, líderes do elenco alvirrubro, estão fora das partidas.

“Capitão ele tem que oferecer tanto tecnicamente como também de comportamento. Muitas vezes temos até jogadores mais técnicos e com espírito de liderança maior, mas o Camutanga é exemplo. Ele se faz líder pelas atitudes e pelo comportamento dele. Por isso que ele, a partir do momento em que o Kieza e o Ronaldo Alves não estão jogando, ele é o capitão. E todo mundo está brincando com ele sobre isso. Poderia estar fazendo rodízio, mas acho que está muito bem entregue a faixa de capitão ao Camutanga, que mais uma vez foi muito importante para essa vitória”, disse Hélio dos Anjos.

LEIA MAIS

Técnico do Náutico acredita que ”mais vibração” contribuiu para recuperação na Série B

Figueirense empata com o Guarani e chega aos 32 pontos, assim como Náutico e Paraná

Camutanga já era o titular do Náutico no ano passado e enfrentou o técnico Hélio dos Anjos nas quartas de final da Série C daquele ano, no histórico jogo onde o Timbu conseguiu o acesso para a Série B. No entanto, sofreu uma grave lesão no primeiro jogo da final da Terceira Divisão do ano passado, justamente contra o próprio Sampaio Corrêa, onde ele fez gol, e desfalcou o Alvirrubro em parte da temporada, voltando na Série B. Para Hélio dos Anjos, o poder de recuperação de Camutanga é bastante elogiável. Além disso, o técnico alvirrubro fez questão de destacar a assimilação do discurso dele por parte do jogador durante as conversas.

“Eu conheci Camutanga no ano passado. Quando joguei contra o Náutico, fiz algumas inclusões em cima do Camutanga porque eu achava que ele tinha uma dificuldade na saída de bola. Mas depois eu vi, pelas informações, que era característica da tática do Náutico, que gostava da ligação direta. E o Camutanga apresentava muita ligação direta. Quando cheguei aqui, tanto pelo lado esquerdo como pelo lado direito, vi que ele tem uma saída de bola muito boa. É um jogador com uma recuperação sensacional. A parte de força dele, a parte de recuperação e poder de assimilação são muito bons. O Camutanga é um jogador completamente envolvido com aquilo que está acontecendo no clube. Excepcional jogador, muito vibrante e muito participativo”, finalizou.

O próximo compromisso do Náutico é nesta terça-feira, diante do Cuiabá, no estádio dos Aflitos. No momento, o Timbu, que está com 32 pontos, está na 18ª posição da Série B, com a mesma pontuação do Paraná, que joga nesta segunda-feira. Já o Cuiabá, próximo adversário do Alvirrubro, é o 3º, com 50 pontos ganhos.


FECHAR