publicidade
21/12/20
Gerson chegou a discutir com o técnico Mano Menezes, que foi demitido do Bahia após o jogo. Foto: Jorge Rodrigues /Estadão Conteúdo
Gerson chegou a discutir com o técnico Mano Menezes, que foi demitido do Bahia após o jogo. Foto: Jorge Rodrigues /Estadão Conteúdo

Bahia afasta jogador acusado pelo meia do Flamengo Gerson de ter cometido racismo

21 / dez
Publicado por Marcos Leandro em Principal às 7:20

Um dos times mais engajados nas causas sociais, o Bahia não demorou a se pronunciar sobre a grande polêmica do jogo contra o Flamengo, domingo (20), no Maracanã, pela 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o meia Gerson, do rubro-negro carioca, acusou o colombiano RamÍrez de racismo.

Através de nota, o Bahia comunicou que afastou o jogador até que a apuração do caso seja concluída. O clube disse também que o atleta nega as acusações. Confira abaixo a nota do Bahia:

O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20). 

O atleta Indio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.

O clube entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza.

Assim, decidiu afastar imediatamente o jogador das atividades da equipe até a conclusão da apuração. O presidente Guilherme Bellintani ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade.

O lance ocorreu após um gol do Bahia. O atacante colombiano teria “provocado” o flamenguista e usado injúria racial. Na hora do ocorrido, Gerson ficou muito indignado e queria tirar satisfação, o que gerou um dos tantos atritos da partida.

“Quero falar uma coisa: tenho muitos jogos como profissional e nunca vim falar nada na imprensa porque nunca sofri esse preconceito. Quando tomamos um gol, o Bruno Henrique ia chutar uma bola, o Ramirez reclamou e fui falar com ele, que disse: “Cala a boca, negro”.

DEMISSÃO

O Bahia também anunciou que o técnico Mano Menezes não comanda mais o clube. Contratado durante o Campeonato Brasileiro, Mano Menezes não conseguiu decolar à frente do clube.


FECHAR