publicidade
25/11/20
Foto: AFP
Foto: AFP

Rei do Futebol, Pelé lamenta a morte de Maradona: ‘Um dia, espero que possamos jogar bola juntos no céu’

25 / nov
Publicado por Lourenço Gadêlha em Futebol Internacional às 14:56

Maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé se manifestou sobre a morte do craque argentino Diego Maradona, vítima de uma parada cardiorrespiratória nesta quarta-feira (25), em sua residência, na Argentina. Nas redes sociais, o brasileiro declarou ter perdido um amigo e aproveitou para fazer a projeção de um dia se encontrar com o hermano para “jogar bola juntos no céu”.

“Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu”, disse Pelé, aos 80 anos, em suas redes sociais.

LEIA MAIS:

>> Aos 60 anos, morre Diego Armando Maradona

>> Mundo do futebol homenageia Maradona, que faleceu aos 60 anos

Junto à mensagem, Edson Arantes do Nascimento postou uma foto do camisa 10 argentino levantando a taça da Copa do México (1986), onde marcou dois de seus gols mais famosos, ambos contra a Inglaterra: a “Mão de Deus” e o gol que deixou para trás boa parte da seleção inglesa, considerada o melhor em uma Copa do Mundo.

Pelé e Maradona dividem o título de melhor jogador do século XX da FIFA. As duas estrelas tiveram uma relação tensa durante anos, em meio a disputas sobre quem foi o melhor jogador de futebol da história. Ambos, com problemas de saúde, trocaram mensagens nos 80 e 60 anos em outubro passado por meio das redes sociais.

Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira, aos 60 anos, vítima de um ataque cardiorrespiratório. Ele era o maior ídolo da história do futebol argentino, onde conquistou a Copa do Mundo de 1986 como capitão e com atuações memoráveis. Também marcou época em clubes como o Boca Juniors e Napoli, além de passagem pelo Barcelona. Em 21 anos de carreira, Dieguito disputou 676 partidas e marcou 345 gols. Agora, o Dios, como é conhecido carinhosamente em seu país natal, se vai como uma das maiores lendas do esporte mais popular do mundo.


FECHAR