publicidade
24/11/20
Foto: Caio Falcão/Náutico
Foto: Caio Falcão/Náutico

Anderson fala sobre respeito ao Santa Cruz e busca por repetir bom desempenho no Náutico

24 / nov
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 17:44

O goleiro Anderson, de 22 anos, foi o principal nome do Santa Cruz em 2019. Em um ano ruim do clube, no geral, ele se destacou e acabou indo para o Athletico Paranaense. Lá não teve muitas chances e veio por empréstimo ao Náutico. O arqueiro é sincero ao falar sobre a relação com o Tricolor, pelo carinho que teve no clube que o deu a primeira chance como profissional. Porém, destacando o profissionalismo, ele mostrou vontade em conquistar espaço no Timbu e ter uma boa temporada como a última passagem pelo Recife trouxe.

Inclusive, Anderson ainda comparou o fato de, ainda no ano passado, logo após a Série C, ter recebido proposta para defender o Sport na reta final da Segunda Divisão. Contudo, em momentos diferentes, ele não quis defender o Rubro-negro. Hoje, mais de um ano depois, ele se sentiu confortável em topar o desafio do Náutico, clube com o qual rivalizou em 2019.

LEIA MAIS

>> Álvaro revela reação do filho após gol marcado e mira sequência positiva no Náutico

>> Recém-contratado, goleiro Anderson realiza primeiro treino no Náutico

>> Há mais de dois meses sem vencer em casa, técnico cobra Náutico mais guerreiro nos Aflitos

“É meio complicado falar disso, até porque tenho um carinho muito grande pelo Santa Cruz, por tudo que fizeram por mim lá, por tudo que passamos no ano passado. Alguns torcedores vieram mandar mensagem para mim, me incentivando, dando boa sorte, outros não foram tão amigáveis, mas eu respeito a opinião de todos os torcedores”, comentou.

“Porém, acredito que nunca desrespeitei o Santa Cruz, até porque no ano passado quando acabou a Série C tive a oportunidade de ir para o Sport, e eu disse que naquele momento não seria o correto fazer isso, porque estava muito recente a minha saída. Mas acredito que hoje, aqui no Náutico, estamos em momentos diferentes. O Santa Cruz está muito bem lá com o Maycon (Cleiton), que é um grande goleiro. E acredito que posso estar buscando meu espaço aqui no Náutico, até porque sou profissional e estou procurando sempre evoluir no futebol”, acrescentou.

Com a camisa do Santa Cruz, o goleiro atuou em 36 partidas divididas entre Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C. No total, foram 44 gols sofridos. Anderson acumulou grandes atuações ao longo do ano, que o levou a ser negociado pelo Palmeiras, detentor dos seus direitos federativos, junto ao Athletico Paranaense. No time rubro-negro, no entanto, disputou apenas cinco partidas nesta temporada, todas no Estadual, com o time de transição do Furação. Devido a forte concorrência dos goleiros Santos – constantemente convocado para a Seleção Brasileira – e o experiente Jandrei, ex-Chapecoense, Anderson acabou emprestado para ganhar mais rodagem no Náutico.

PODCAST

No décimo terceiro episódio do Na Cara do Gol, podcast do futebol pernambucano da Rádio Jornal, Alexandre Costa, Maciel Junior, Lilian Fonsêca e Marcos Leandro analisam a situação do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro. O programa vai ao ar toda segunda-feira, no canal da Rádio Jornal no YouTube.


FECHAR