publicidade
31/10/20
Santa Cruz conseguiu sua nona vitória no Grupo A da Série CFoto: Twitter do Imperatriz.
Santa Cruz conseguiu sua nona vitória no Grupo A da Série CFoto: Twitter do Imperatriz.

Santa Cruz se impõe e goleia o lanterna Imperatriz por 6×1 pela Série C

31 / out
Publicado por Marcos Leandro em Principal às 18:59

No encontro entre o líder e o lanterna, deu a lógica. O Santa Cruz venceu o Imperatriz-MA por 6×1, neste sábado (31), no estádio Frei Epifânio, pela 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o tricolor deu mais um enorme passo rumo à classificação para a próxima fase da competição.

Veja o tempo real de Imperatriz x Santa Cruz

Os corais lideram o Grupo A, agora com 30 pontos. A pontuação ainda não garante matematicamente o time pernambucano na segunda fase, mas isso deve acontecer em breve. Já o time maranhense, com muito problemas dentro e fora de campo, está em último, com apenas um ponto.

O jogo foi muito especial para o atacante Victor Rangel, que entrou no segundo tempo. Após 15 partidas sem balançar a rede, ele marcou o terceiro gol do Santa Cruz e se emocionou bastante ao oferecer o gol para o filhinho Miguel, que completou três meses recentemente e recebeu alta hospitalar.

Os outros gols do tricolor foram marcados por Lourenço, Pipico (duas vezes), Jaderson e Toty, cobrando pênalti. De contrato renovado até 2021, Pipico chegou a cinco gols nesta Série C e a 12 na temporada. O Santa Cruz volta a campo no próximo sábado, no Arruda, contra o Vila Nova, único time a vencer o tricolor na competição.

Confira os gols da partida com as imagens produzidas pelo canal de streaming Dazn:

O Jogo

Ainda sem vencer na competição, o Imperatriz tinha que se expor para tentar pontuar dentro de casa, mas não conseguiu impor nenhum perigo à meta de Maycon Cleiton durante a primeira etapa.

Sem achar espaços na marcação do Santa Cruz, a primeira finalização saiu aos 4 minutos, pelos pés Amparo, do Cavalo de Aço. O meia tentou de muito longe, mas a bola passou por cima do gol. O Santa Cruz foi responder aos 7 minutos, com cabeceio de Lourenço, mas a bola foi nas mãos do goleiro Jairo. A equipe Coral impôs mais volume de jogo.

Com mais posse de bola, buscou durante boa parte do primeiro tempo se infiltrar na grande área. O sistema ofensivo passou a ser mais produtivo com o avanço de André, que atuou como segundo volante, e algumas participações de Danny Morais, que subia para ajudar na troca de passes.

André, inclusive, tentou abrir o placar batendo de fora da grande área, aos 15 minutos, mas a bola foi muito alta. O volante recebeu outra bola no mesmo lugar, mas cruzou para Chiquinho. O meia recebeu na ponta esquerda e bateu forte, mas para fora.

O Imperatriz não conseguia responder a altura. Trocou muitos passes no campo de defesa e tentava ligação direta para os atacantes. Cebolinham Judson e Reginaldo Jr. pouco viram a cor da bola. Já o Santa Cruz, com marcação reforçada no meio de campo, com Didira e Chiquinho altenando na função da armação de jogada, achou uma oportunidade.

O primeiro gol começou com passe de Danny Morais para André. O volante viu lourenço entrando na grande área e botou a bola no pé do atacante, que chutou forte, de primeira, para abrir o placar aos 35 minutos.

Veja toda a jornada esportiva do Escrete de Ouro no canal do YouTube da Rádio Jornal.

Segundo Tempo

O Imperatriz voltou com uma postura diferente para a segunda etapa. Reginaldo Júnior e Willian tentaram botar a bola para a pequena área nos primeiros minutos, mas Danny Morais, duas vezes, interceptou. O Santa Cruz, que aproveitou a exposição dos donos da casa, aproveitou para contruir o placar elástico.

Pipico, que havia tentado marcar uma vez, já aos 3 minutos, após receber passe de Lourenço na pequena área, recebeu outra bola do camisa 7. Dessa vez fora da grande área, aos 9 minutos. O artilheiro girou o corpo para cima do zagueiro do Imperatriz e bateu cruzado para ampliar o placar.

Com um gol e uma assistência, Lourenço foi sacado para a entrada de Victor Rangel. Motivado, após receber a notícia que seu filho Miguel havia recebido alta do hospital, o atleta entrou com sangue nos olhos para marcar neste sábado.

E foi aos 21 minutos, com mais uma subida de Danny Morais para o ataque e passe do zagueiro, que o atacante voltou a marcar um gol. Rangel recebeu na ponta direita e bateu, quase escorregando, para botar a bola para o fundo do gol.

O Imperatriz conseguiu responder logo aos 25 minutos. Vinícius Machado, que entrou no segundo tempo, recebeu passe de Tomais na entrada da grande área e bateu no cantinho do gol, sem chances para Maycon Cleiton. Mas foi o último lampejo de perigo da equipe maranhense.

Apesar do Cavalo de Aço ter pressionado em alguns momentos do segundo tempo, pouco conseguiu finalizar ou, até, botar a bola na grande área. Já o Santa Cruz voltou a ser fatal. Isso porquê Victor Rangel tentava fazer o seu segundo gol, mas foi empurrado dentro da grande área, aos 36 minutos. Pênalti. Toty foi para a cobrança, fez o quarto da Cobra Coral e manteve seu 100% de aproveitamento em penalidades em 2020.

Os dois últimos gols do Santa Cruz vieram em sequência. Aos 44 minutos, Toty deu belo cruzamento para Pipico cabecear. A bola desviou no zagueiro do Imperatriz, confundindo o goleiro e entrando no gol. Foi o segundo do camisa 9 na partida. Já aos 47, foi a vez de Jáderson assinar o dele. O atacante recebeu boa bola de Leonan, pela direita, e bateu cruzado, também sem chances para o goleiro Jairo.

FICHA TÉCNICA – IMPERATRIZ 1 X 6 SANTA CRUZ

Imperatriz: Jairo; Tomais, Ramon, Douglas e Lorran; Adriano, Nonato (Vinícius Machado), Amparo (Wesley Braga) e Judson; Reginaldo Jr. (Blaise Loic) e Cebolinha (Jerinha). Técnico: Charles Guerreiro.

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Perí (Leonan); Bileu (Jáderson), André e Didira (Célio Santos); Lourenço (Victor Rangel), Chiquinho (Tinga) e Pipico. Técnico: Thiago Duarte (coordenador técnico).

13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Frei Epifâneo, Imperatriz-MA.
Árbitra: Rejane Caetano da Silva (RJ).
Assistentes: Rafael Sepeda de Souza e Rachel de Mattos Bento (ambos do Rio de Janeiro).
Gols: Vinícius Machado aos 25 do 2º tempo(I); Lourenço aos 35 do primeiro tempo, Pipico aos 5 do 2º tempo e aos 44 do 2º tempo, Victor Rangel aos 21 do 2º tempo, Toty aos 36 do 2º tempo, e Jáderson aos 47 do 2º tempo (S).
Cartões amarelos: Tomais (I); Victor Rangel (S).


FECHAR