publicidade
31/10/20
Central segue sendo comandado por Silvio Criciúma. FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IAMGEM
Central segue sendo comandado por Silvio Criciúma. FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IAMGEM

Central encara Vitória da Conquista, fora de casa, em busca da quarta vitória seguida na Série D

31 / out
Publicado por Túlio Feitosa em Campeonato Brasileiro Série D às 9:30

Em bom momento na Serie D do Campeonato Brasileiro, o Central vai em busca da sua quarta vitória seguida diante do Vitória da Conquista, fora de casa, neste sábado (31). A Patativa, que passou por um momento delicado na competição, ao empatar seis partidas seguidas, agora briga pelo topo na tabela do Grupo 4 da competição, estando na segunda colocação, com 15 pontos, a apenas um da liderança.

Contando com quatro desfalques e sem ter definido a escalação até o último treino do Central no estádio Lomanto Júnior, na Bahia, o técnico Sílvio Criciúma aposta no bom momento e na vontade do elenco de manter a sequência.

“Independente daqueles que irão entrar, seja começando a partida ou entrando durante o jogo, todos estão conscientes desse bom momento do Central. A gente tem que brigar muito por ele, para que permaneça o maior tempo possível”, ressaltou. “Tivemos as nossas dificuldades para sustentar seis empates, e agora conseguimos nos fortalecer, três vitórias seguidas, e a ideia é aumentar esse número”, completou Criciúma.

Leia Mais

>> Técnico do Central engrandece vitória diante do Freipaulistano: “Um a zero que valeu 10 a zero”

>> Central vence e entra no G4 do Grupo A4 da Série D; Salgueiro empata fora

O treinador não contará com o zagueiro Leandro Costa, e os meias Doda e Aruá, lesionados. Além do atacante Filipe Costa, que ficará afastado até o final da primeira fase, por uma lesão de grau 2 na coxa direita. Mesmo sem seus dois principais meio-campistas, Silvio Criciuma exaltou a versatilidade do elenco e minimizou as ausências para a partida deste sábado.

“Não tendo esses dois atletas, outros vão fazer a função, sejam de meia, com extremos, jogando com mais um homem por dentro. Opções a gente tem, para desenhar. Um time não pode ficar limitado a um sistema de jogo, unicamente, para atacar ou defender. Tem que ter alternativas, e a nossa equipe está mostrando isso”, explicou.

A partida contra o Vitória da Conquista é um confronto que vale seis pontos, já que a equipe baiana está na terceira colocação, com 14 pontos. Um a menos que o Central. Caso a Patativa vença, pode dar um ótimo passo para a corrida pela segunda fase.


FECHAR