publicidade
19/10/20
Guardiola saiu em defesa do atacante argentino. Foto: AFP
Guardiola saiu em defesa do atacante argentino. Foto: AFP

Guardiola diz que Agüero tem que se esforçar para renovar com o Manchester City

19 / out
Publicado por Lourenço Gadêlha em Futebol Internacional às 19:27

AFP

O técnico espanhol Pep Guardiola disse que o argentino Sergio ‘Kun’ Agüero deve se esforçar para renovar contrato com o Manchester City, apesar de ser o artilheiro da equipe inglesa. Em seu último ano de contrato com o City, o argentino, que estava afastado há quatro meses por conta de uma lesão, voltou a jogar no sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Arsenal, pelo Campeonato Inglês.

O Agüero balançou as redes 254 vezes pelo time da cidade de Manchester e foi peça-chave na conquista dos quatro títulos da equipe na Premier League, marcando inclusive o gol que deu o campeonato de 2012. No entanto, Guardiola, que também está no último ano de contrato com o clube da Inglaterra, acredita que o jogador de 32 anos precisa mostrar sua forma nos próximos meses. “O importante é que o Sergio volte em boa forma física, comece a recuperar o ritmo, não se machuque mais e jogue bem”, disse o espanhol.

LEIA MAIS:

>> Diego Costa desfalca Atlético de Madrid na estreia na Liga dos Campeões

>> Manchester United não relaciona Cavani para jogo com PSG

>> ‘Não tenho dúvidas sobre o desempenho de Messi’, diz treinador do Barcelona

>> Professor decapitado será homenageado pelo futebol francês

>> Bélgica, Alemanha e Holanda planejam candidatura em conjunto para sediar Mundial Feminino de 2027

>> Saiba onde assistir aos jogos da Champions League

“Sabemos o que ele significa para nós, sabemos o quanto o apreciamos, mas agora ele tem de mostrar como qualquer um de nós, para mim primeiro, que merece continuar aqui e jogar bem e ganhar jogos”, acrescentou.

Agüero teve papel fundamental no gol do City contra o Arsenal, driblando para entregar a bola a Phil Foden, em uma jogada que terminou com a finalização de Raheem Sterling. Mas ele também protagonizou um momento controverso no segundo tempo, quando colocou o braço no ombro da auxiliar de arbitragem Sian Massey-Ellis.

A imagem gerou uma onda de críticas ao atacante, mas Guardiola saiu em defesa de seu jogador. “Vamos, pessoal. Sergio é a pessoa mais legal que já conheci na minha vida”, acrescentou.

“Procurem problemas em outras situações, não nesta.”


FECHAR