publicidade
30/09/20
Patrick disputou o jogo pelo Internacional. Foto: AFP
Patrick disputou o jogo pelo Internacional. Foto: AFP

Com um a menos, Internacional segura empate sem gols com América pela Libertadores

30 / set
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 6:07

AFP – Com um a menos desde o início do segundo tempo, o Internacional segurou o empate por 0 a 0 com América de Cali nessa terça-feira, em partida disputada no estádio Pascual Guerrero, na cidade colombiana de Cali, pela quinta rodada do Grupo E da Copa Libertadores.

Com este resultado, a equipe gaúcha está em segundo ma chave, com 8 pontos, dois a menos que o novo líder Grêmio, que chegou aos 10 ao vencer em casa nesta terça o último colocado, a Universidad Católica, encaminhando assim sua classificação às oitavas. Já o time colombiano é o terceiro com cinco pontos, um a mais que o lanterna chileno.

Na sexta e última rodada do grupo, o Colorado vai ao Chile entrentar o já eliminado Universidad, enquanto o América encara o Tricolor Gaúcho em Porto Alegre, com ambas partidas disputadas no dia 22 de outubro, às 21h30 (horário de Brasília)

MUITAS FALTAS

Com menos de um minuto de jogo, o volante Paz, da equipe da casa, deu uma entrada dura no meia Nonato, mostrando assim o tom do que seria o restante da partida, marcada por muitas faltas e pouca emoção com a bola nos pés.

Para complicar ainda mais para o Inter, aos 10 minutos o lateral Saraiva teve que ser substituído por Heitor, após machucar o joelho direito quando puxava um ataque, sendo tocado por um adversári.

Com uma substituição queimada com pouco tempo, os visitantes passaram a ter uma postura mais retraída, permitindo que o adversário avançasse. Mas os colombianos não conseguiam mostrar muita criatividade e abusaram dos lances de bola levantada na área colorada.

LEIA MAIS

> Veja a situação dos clubes brasileiros na Libertadores

> Rivalidade e emoção de Internacional x Grêmio pela Libertadores no SBT

> No SBT, Ricardo Rocha coloca sotaque pernambucano nas transmissões da Libertadores

> Libertadores retorna em meio a uma pandemia implacável na América do Sul

> SBT oficializa acordo para transmitir a Libertadores na TV aberta

O primeiro momento de real perigo só veio nos minutos finais da primeira etapa, quando o zagueiro Rodrigo Moledo tentou cortar um escanteio e quase marcou contra, tocando sobre o gol defendido por Marcelo Lomba (42).

Já no segundo tempo, o atacante colorado Leandro Fernández, que praticamente não apareceu em campo na etapa anterior, surgiu para receber um cartão amarelo após discutir com o lateral Velasco (52).

A partida seguia novamente sem emoção até que Fernández, aos 57, deu uma cotovelada no rosto do zagueiro Marlon Torres e foi expulso com um cartão vermelho.

Com um a menos, o Internacional não conseguia organizar jogadas ofensivas até que, aos 76, Leo borges roubou uma bola, tocou para o atacante Galhardo, que encontrou Patrick livre. O meia chegou de primeira, mas a bola foi para fora.

A resposta o América não tardou, o meia Moreno, que havia entrado no lugar do meia Batalha, recebeu livre dentro da área da equipe brasileira e chutou forte, com a bola explodindo no travessão graças ao desvio de Moledo.

Em seguida, a partida seguiu arrastada e o apito final chegou decretando o empate que, por conta do apresentado em campo, foi um excelente resultado para o time brasileiro, que apesar de ser o segundo do grupo, não tem ainda garantida a vaga para as oitavas.


FECHAR