publicidade
23/09/20
Santa Cruz e Salgueiro empataram na primeira final do Pernambucano 2020. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Santa Cruz e Salgueiro empataram na primeira final do Pernambucano 2020. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Paulinho terá primeira chance com Martelotte na partida do Santa Cruz contra a Jacuipense

23 / set
Publicado por Túlio Feitosa em Campeonato Brasileiro Série C às 20:08

Após passar duas rodadas se recuperando de uma lesão, o volante Paulinho já está próximo de se recuperar por completo para se reintegrar ao elenco do Santa Cruz. O atleta coral sentiu um desgaste muscular às vésperas da partida contra o Remo, no dia 13 deste mês, e acabou virando desfalque também para a partida contra o Manaus, no último final de semana. Coincidentemente, as duas únicas partidas de Marcelo Martelotte como treinador.

O volante jogou pela última vez contra o Vila Nova-GO, última partida de Itamar Schulle como técnico do Santa Cruz. Agora com o comando de Martelotte, Paulinho vai ter que reconquistar seu espaço dentro de campo. “A gente sabe que toda mudança requer uma adaptação. Quando chega um comandante novo, os atletas que não vinham sendo utilizados querem se mostrar mais e, automaticamente, acredito que começa do zero. Então a gente tem que dar o nosso melhor”, contou.

Com Bileu, André e Tinga na posição, Paulinho vê uma briga boa pela titularidade. Ruim para Martelotte, que terá que escolher quais irão atuar na posição. “É uma briga muito sadia entre os atletas, mas muito boa. Grandes jogadores na posição, sempre respeitando os companheiros, mas quem Martelotte botar para jogar, vai dar conta do recado”, completou o volante coral.

Leia Mais

>> Governo de Pernambuco anuncia previsão para possível retorno do público aos estádios

>> Com DM cheio, médico do Santa Cruz atualiza situação dos lesionados e indica prazo para retorno de Pipico

>> Confira o resumo da 7ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro

O Santa Cruz, mesmo com quatro pontos conquistados ao vencer o Remo e empatar com o Manaus, não fez jogos convincentes. Principalmente pela carência no meio de campo, já que o principal jogador da equipe, nesta Série C, estava ausente. Mesmo fora, Paulinho avaliou como um período positivo para poder retornar em boas condições.

“Nenhum atleta quer ficar de fora dos jogos importantes. Mas foi um tempo bom, deu para descansar um pouco. Agora estou na parte da transição e, passando alguns dias a mais, eu volto a estar a disposição da comissão técnica para enfrentar a Jacuipense na segunda-feira”, destacou Paulinho.

DEPARTAMENTO MÉDICO

O retorno de Paulinho não é o único previsto para a partida contra a Jacuipense, na próxima segunda-feira. Jeremias, que sofreu um trauma na região do tornozelo, também será liberado para treinar com o grupo nesta semana. Em compensação, o artilheiro Pipico, que não atua em campo desde a vitória por 3×2 contra o Treze-PB, ainda irá para a transição física, mas o atacante não sente mais dores, segundo o médico do Santa Cruz, Thiago Guerra.

O zagueiro Célio Santos é mais um a estar próximo a se liberar do departamento médico. Sem sentir dores, o atleta pode ser liberado até o início da próxima semana. A situação é diferente com Chiquinho, William Alves e Júnior. Diferente dos casos já discutidos, esses três atletas ainda sentem um grau maior de dores e irão demorar um tempo a mais no DM.

“Chiquinho e William Alves ainda tem um quadro mais importante de dor. Continuam conosco no DM, com previsão de serem entregues para a transição física durante o decorrer da semana que vem. No caso de Júnior, ele teve uma lesão um pouco maior e se encontra no departamento médico exclusivamente, com progressão dos trabalhos na fisioterapia. O atleta tem evoluído muito bem, porém ele tem programação de permanecer até a semana que vem ainda”, detalhou o médico coral.


FECHAR