publicidade
16/09/20
Aos 31 anos, Ruy pertence ao Coritiba e negocia com o Náutico. Foto: Coritiba/Divulgação
Aos 31 anos, Ruy pertence ao Coritiba e negocia com o Náutico. Foto: Coritiba/Divulgação

Náutico coloca limite financeiro para a contratação de Ruy, do Coritiba

16 / set
Publicado por Pedro Alves em Náutico às 12:26

O Náutico está cada vez mais próximo de anunciar o meia-atacante Ruy, atualmente no Coritiba, como novo reforço para a temporada. Jogador de patamar financeiro de Série A deve chegar aos Aflitos dentro da realidade do clube, mantendo assim a política de austeridade implantada pelo presidente do Edno Melo.

Em entrevista para Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o mandatário alvirrubro destacou a importância de se manter dentro da realidade financeira do clube na hora de contratar para que o Náutico conquiste o principal objetivo da temporada: o acesso.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

“O que eu posso adiantar da contratação de Ruy é a parte que me cabe colocar dentro do orçamento o salário dele do início ao fim do contrato. Então é passado para o futebol um limite de despesas, que a gente não abre mão, porque eu acho que esse ano um dos diferenciais dos clubes que vão acessar à primeira divisão são os compromissos com os atletas e comissão técnica de você começar e terminar o ano pagando, seja premiação, bicho ou salário, e isso o Náutico não vai abrir mão”, disse Edno.

“Então essa negociação com Ruy, eu garanto que se ele vier vestir a camisa do Náutico vai ser dentro do limite financeiro que foi estabelecido pelo clube”, encerrou o presidente do Náutico.

No aguardo

De acordo com o repórter Antônio Gabriel, da Rádio Jornal, o Náutico aguarda a resposta do Coritiba para concluir a negociação. Aos 31 anos, Ruy entrou em campo em seis oportunidades com a camisa do Coritiba, em 2020, e marcou três gols.

 

Podcast

No terceiro episódio do podcast Na Cara do Gol, debatemos o final de semana de resultados positivos para Náutico, Santa Cruz e Sport. Na Polêmica da Vez, abordamos o caso de Mazola Júnior que questionou a não procura por outros clubes de Pernambuco em seu trabalho, além de elegermos os destaques da semana.


FECHAR