publicidade
15/09/20
Adversário do Athletico voltou a treinar no mês passado. Foto: Divulgação
Adversário do Athletico voltou a treinar no mês passado. Foto: Divulgação

Com mais ritmo de jogo, Athletico visita Jorge Wilstermann na Libertadores

15 / set
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 14:11

AFP – O time boliviano Jorge Wilstermann recebe o Athletico Paranaense pelo Grupo C nesta terça-feira, no recomeço da Copa Libertadores da América, após o torneio ter sido suspenso em março por causa da covid-19, e com um ritmo de jogo mais acelerado do ‘Furacão’.

A partida está marcada para as 18h15 locais (19h15 pelo horário de Brasília), no estádio Félix Capriles, na cidade de Cochabamba, e será apitada pelo árbitro chileno Angelo Hermosilla.

A chave é completada pelo uruguaio Peñarol e pelo chileno Colo Colo, que se enfrentam também nesta terça-feira em Santiago. O SBT transmite a maior competição da América do Sul deste ano até 2022 na TV aberta.

RITMO

O Wilstermann retomou os treinos no início de agosto, no âmbito de uma quarentena nacional que vinha desde março passado devido à pandemia de coronavírus e que até hoje infectou mais de 126.700 pessoas no país e matou mais de 7.300, de uma população de 11 milhões de habitantes.

O clube ‘Aviador’, depois de duas rodadas em que a Copa Libertadores foi suspensa, divide um grupo equilibrado com Athletico Paranaense, Peñarol e Colo Colo, já que  todos têm três pontos.

Wilstermann não pôde disputar partidas oficiais para entrosar a equipe, ao contrário do Athletico que disputa o Brasileirão.

LEIA MAIS

> Libertadores retorna em meio a uma pandemia implacável na América do Sul

> Flamengo se prepara para o retorno da Libertadores

> SBT oficializa acordo para transmitir a Libertadores na TV aberta

> Libertadores é retomada com rígidas medidas sanitárias contra a pandemia

> Relembre a situação dos times brasileiros na Libertadores

> Flamengo se prepara para o retorno da Libertadores

É por isso que o técnico do time boliviano, o argentino Cristian Díaz, considerou que sua equipe tem contra si “os mais de 1.200 minutos de ritmo de jogo” do seu adversário, mas que “nós, com os nossos amistosos (entre jogadores do mesmo elenco), tentamos encontrar o nosso ponto mais alto nas possibilidades que temos”.

Nos treinos, Gilbert Alvarez tem sido visto como um ponta clássico, alimentado pelo jogo explosivo de seus meias ofensivos, o brasileiro Serginho e o argentino Cristian ‘Pochi’ Chávez.

CONFIANÇA

O Athletico Paranaense chega a Cochabamba “cheio de otimismo” após a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba no Brasileirão, com um gol aos 12 minutos de Fabinho, e saindo da zona de rebaixamento.

O zagueiro Thiago Heleno elogiou o ambiente e o planejamento do treinador interino Eduardo Barros, como um elemento importante para o próximo jogo pela Libertadores: “Ele é muito amigo com os jogadores, com todo o elenco. É muito inteligente e nos ajuda muito sempre que pode”.

“Chegamos à Bolívia cheios de confiança”, garantiu Barros enquanto o meia Erick disse que o jogo no Campeonato Brasileiro “nos dá muita confiança e torna mais fácil somar pontos fora de casa contra o Jorge Wilstermann, pela Libertadores”.

Para o torneio internacional, o clube brasileiro fechou a contratação dos meias Jorginho e Kawan e do goleiro Caio.

Após partida em terras bolivianas, o Furacão vai receber o Colo Colo em Curitiba no dia 23 deste mês enquanto o Wilstermann volta a ser anfitrião contra o Peñarol um dia depois.


FECHAR