publicidade
10/08/20
CSA estreou em casa contra o Guarani. Foto: Augusto Oliveira/CSA
CSA estreou em casa contra o Guarani. Foto: Augusto Oliveira/CSA

Covid-19 começa a interferir no futebol

10 / ago
Publicado por Luana Ponsoni em Futebol nacional às 16:18

A pandemia do coronavírus começou a mostrar sua face no futebol, justamente nas rodadas de abertura das três Divisões do Campeonato Brasileiro. No último fim de semana, partidas das Séries A, B e C tiveram jogos afetados pela covid-19. No Brasileirão e na Terceirona, Goiás x São Paulo e Treze x Imperatriz, respectivamente, foram adiados pela presença de jogadores infectados. Já na Segundona, o CSA enfrentou o Guarani, com o consentimento da CBF, apesar do diagnóstico positivo de cinco atletas três dias antes, logo após duelo contra o CRB pelo Alagoano.

O caso do jogo entre Goiás x São Paulo chama atenção pela demora na entrega dos resultados dos testes feitos pelos jogadores do time esmeraldino antes da partida. Toda a delegação já estava concentrada quando soube que 10 atletas foram infectados. Depois a contraprova apontou nove. Já em campo, nada mais restou ao São Paulo que concordar com o adiamento do duelo, pedido pelo Goiás ao STJD e anunciado posteriormente pela CBF. O duelo ainda não tem data definida.

LEIA MAIS

> Garagem do remo do Náutico vai à leilão para pagamento de mais de R$ 3 milhões a ex-volante

> Técnico elogia reforços do Sport, mas pondera ritmo de jogo

> Empresário de Fabiano pede rescisão e jogador vai deixar o Santa Cruz

Ainda assim, a diretoria são-paulina não deixou de manifestar seu descontentamento com a situação. Por meio de nota oficial, cobrou seriedade e profissionalismo das instituições, destacando ainda que não houve nenhum caso da doença no clube.”O desfecho de voltar para casa sem poder disputar a partida nos faz relembrar a importância de que o mesmo profissionalismo praticado pelo São Paulo se reflita em outras instituições. É preciso ter responsabilidade diante de uma doença que já fez mais de 100 mil vítimas no Brasil”, afirmou o tricolor do Morumbi por meio de nota oficial.

Com o Sport se preparando para o terceiro jogo na Série A contra o Atlético-GO, fora de casa, o técnico Daniel Paulista observou ainda os riscos de contágio a que todos ficam expostos na rotina de viagens. Antes do duelo com o Dragão, o Leão encara o Vasco, no Rio.

“Bom é preocupante, como é a situação do País. Estamos voltando agora. As viagens, para o Sport, vão começar a partir de amanhã. Nós vamos para três dias no Rio de Janeiro e depois mais três dias em Goiás, onde houve esse problema. Todos nós, atletas, comissão técnica vamos ficar expostos ao vírus. Vamos circular por locais onde a disseminação é alta. Hotéis, aeroportos. É claro que as medidas de segurança, por parte do Sport e dos atletas, vão ser tomadas”, comentou em entrevista a Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal.

O Corinthians também se posicionou sobre o “cerco” do coronavírus ao futebol. O presidente Andrés Sanchez cobrou a revisão e ajuste pela CBF dos protocolos de segurança contra a pandemia. E informou ainda que os testes dos jogadores do Timão não serão mais feitos no Hospital Albert Einstein, parceiro da entidade máxima do futebol no Brasil. 

“O Departamento Médico do Clube, ao verificar diversas falhas e inconsistência nos testes realizados até aqui por outras equipes, resolveu seguir com os exames realizados pelo mesmo laboratório de confiança utilizado durante a disputa do Campeonato Paulista”, diz parte da nota divulgada pelo Corinthians.

SEGUNDA E TERCEIRA DIVISÕES

Um dos casos que mais pressionam o protocolo de segurança adotado pela CBF até agora foi o que aconteceu na Série B. O CSA foi a campo e venceu o Guarani por 1×0 no último sábado, mesmo depois de cinco jogadores do time testarem positivo para covid-19 três dias antes. Na ocasião o Azulão fez jogo contra o CRB pela final do Campeonato Alagoano. O clube afastou os jogadores infectados e pediu adiamento do jogo pela Série B, o que foi negado pela CBF.

Pela Terceira Divisão, o Imperatriz-MA foi o time com mais diagnósticos positivos dentre os confirmados no fim de semana. Ao todo 12, dos 19 atletas da equipe estão com covid-19. Assim como Goiás x São Paulo pela Série A, o jogo contra o Treze precisou ser adiado e também não tem data estabelecida pela CBF.


FECHAR