publicidade
31/07/20
Ivan Stoti/Santos FC
Ivan Stoti/Santos FC

Marinho chora após comentário racista de radialista ao vivo: “você é burro e merece ir para a senzala”

31 / jul
Publicado por Luana Ponsoni em Futebol nacional às 16:49

O futebol segue evidenciando o racismo em todas as suas vertentes. Comuns nas arquibancadas, comentários racistas, desta vez, foram proferidos ao vivo por um radialista que cobriu Santos 1×3 Ponte Preta, pelas quartas de finais do Campeonato Paulista. O profissional de comunicação estava a serviço da Rádio  Energia 97 FM quando chamou o jogador Marinho, do Peixe, de burro e afirmou que o mandaria para senzala, para pensar. Ao saber das ofensas, o atacante publicou vídeo nas redes sociais demonstrando revolta e tristeza pelo ocorrido.

A fala do radialista foi em resposta a uma provocação feita por um colega, que quis saber o que ele diria a Marinho se estivesse em um grupo de WhatsApp com o jogador. A pergunta veio logo após o atacante ser expulso da partida que acabou com derrota do Santos por 3×1, com gol do jogador.

Visivelmente abatido, Marinho repetia a todo instante no vídeo que publicou nas redes sociais que era por essas situações que sempre levantava a bandeira contra o racismo. Também destacou o sofrimento de quem não tem voz ativa e cobrou punição a quem comete o crime.

“Quando acontece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora, por isso que eu brigo pela causa. Porque quando a gente passa na pele é horrível. E a gente não pode deixar passar isso. Eu sei quem eu sou, eu sei o valor que eu tenho. Pessoas que não têm voz ativa passam por (coisas) piores. E a gente tem aceitado muito isso. E a justiça não pune esses caras preconceituosos”, disse o jogador em meio às lágrimas.

O Santos se pronunciou sobre o caso, divulgando nota bastante dura em suas redes sociais. O clube também destacou que não basta não ser racista, é necessário ser antirracista.

“Se você é racista, preconceituoso, xenofóbico, por favor, não compareça aos jogos do Santos FC, não use nossos produtos e não seja Sócio Rei. Melhor ainda: deixe de torcer pelo Santos, você não é bem-vindo e não merece a nossa casa”, posicionou-se o alvinegro paulista.

 


FECHAR