publicidade
02/07/20
Victor Rangel também comentou sobre jogar ao lado de Pipico. Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz
Victor Rangel também comentou sobre jogar ao lado de Pipico. Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz

Victor Rangel mira titularidade do Santa Cruz e agradece carinho da torcida: “Me deixa motivado”

02 / jul
Publicado por Lucas Holanda em Notícias às 14:04

Mesmo atuando em apenas seis jogos, o atacante Victor Rangel deixou uma boa impressão na torcida do Santa Cruz. Por conta disso, a expectativa por um acerto do atleta com o clube era grande e o desfecho foi feliz para todo mundo na última semana. O atleta de 29 anos acertou a permanência no Tricolor até o fim da Série C e é uma das armas da Cobra Coral na busca do maior objetivo do clube em 2020: retornar à Série B. O atacante, inclusive, já treinou normalmente com o elenco no CT Ninho das Cobras nesta quinta-feira (2).

LEIA MAIS

Pipico fala sobre permanência de Victor Rangel no Santa Cruz: “ficamos felizes com a renovação”

Com Recife perdendo força, escolha da sede da Copa do Nordeste pode ter novidades nesta semana

Liberado pelo DM, Victor Rangel está ansioso para iniciar treinos: ‘tem muito trabalho pela frente’

Mesmo com boas atuações antes da paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus, Rangel diz que não tem lugar garantido no time titular, mas que vai lutar por essa vaga entre os 11 iniciais. O atacante tricolor também agradeceu o carinho da torcida do Santa Cruz, que torceu bastante para que ele renovasse com o clube. “Em nenhum lugar ninguém tem cadeira cativa. Vou batalhar pelo meu espaço, me dedicando e me entregando para que esteja disponível para o professor. Fico muito contente com o carinho do torcedor. Acompanhei que muitos pediram a minha permanência e isso me deixa motivado para que eu possa me doar ao máximo e retribuir o que o torcedor espera”, disse Rangel, que completou falando de jogar ao lado de Pipico.

“O Pipico é um grande jogador. É muito gratificante dividir o dia a dia com ele, é uma grande pessoa dentro e fora de campo. Fiz seis jogos pelo clube até a parada e em dois jogamos juntos, porque ele teve uma lesão que deixou ele de fora em alguns jogos. Ficamos felizes que ele tenha retornado e esteja em condições de atuar. Se o professor optar por estarmos juntos dentro de campo, é claro que a gente vai fazer o melhor para ajudar o Santa Cruz a conquistar o maior número de vitórias possíveis. Esse é o nosso objetivo”, finalizou Rangel.

Mesmo com os clubes liberados para treinar desde o dia 15, ainda não se sabe quando o futebol vai retornar em Pernambuco. Isso porque a secretaria estadual de saúde divulgou na última terça-feira  que os jogos não podem retornar nas próximas duas semanas. Além disso, a entidade comentou que antes de bater o martelo divulgando uma nova data iria conversar com a Federação Pernambucana de Futebol. Vale lembrar que a FPF queria reiniciar o Estadual nos dias 8 ou 12 de julho, mas foi impossibilitada diante desta decisão.


FECHAR