publicidade
02/07/20
Milton Bivar disse que os jogadores precisam de pelo menos um mês para atingirem mínimas condições físicas. Foto: Anderson Stevens/Sport
Milton Bivar disse que os jogadores precisam de pelo menos um mês para atingirem mínimas condições físicas. Foto: Anderson Stevens/Sport

Milton Bivar revela diagnóstico de covid-19: “Estou no grupo imune”

02 / jul
Publicado por Gabriela Máxima em Notícias às 11:35

O presidente do Sport, Milton Bivar, revelou nesta quinta-feira que já foi diagnosticado com o novo coronavírus e, por isso, se considera integrado ao grupo de pessoas imunes. Em entrevista ao programa Bate Rebate, da Rádio Jornal, o mandatário disse que só confirmou o diagnóstico da covid-19 quando realizou o teste no Leão.

>> Presidente do Sport apoia decisão do Estado e defende volta dos jogos com torcida 

>> Milton Bivar admite que Sport não tem como quitar salários atrasados 

Bivar ainda destacou que perdeu paladar, olfato, sentiu calafrios e uma “dorzinha” de cabeça. O presidente, que é favorável a presença da torcida após o retorno do futebol em Pernambuco, disse que a população terá que aprender a conviver com o novo coronavírus.

“O que as pessoas precisam lembrar que é que existem milhares de pessoas que já foram infectadas e o seu amigo é uma delas. Eu já fui infectado e sou do grupo que se considera imune porque eu já tive a doença e agora para pegar novamente é difícil. Não existem dados que pegue novamente, embora eu não quero nem saber. Eu continuo com os cuidados. Eu e minha esposa (já tiveram a doença). E sabe como nós descobrimos? Porque fui fazer o exame no Sport”, comentou Bivar, que continuou sobre amigos próximos que também receberam o diagnóstico.

Escute a entrevista completa

“Vários amigos meus também começaram a fazer o exame e disseram que eu tinha razão: ‘eu peguei e nem sabia’, disseram. Porque tem gente que pega e não sabe. Eu sabia que eu tinha pegado, mas não tinha a certeza absoluta. Eu perdi o paladar, perdi o olfato, eu tive problemas gástricos, mas não mais do que isso. Uma dorzinha de cabeça e uns calafrios. Só pode ter sido a danada dessa doença”, observou o mandatário rubro-negro, em entrevista à Rádio Jornal.


FECHAR