publicidade
02/07/20
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

“Era o único jogo do horário”, afirma presidente do Sport sobre os mais de dois milhões de audiência do Flamengo

02 / jul
Publicado por Pedro Alves em Notícias às 16:05

A nova Medida Provisória (MP) 984/2020 que foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 18 de junho é um dos assuntos mais debatidos do futebol desde então. E na última terça-feira (1), o Flamengo foi a primeiro clube de relevância nacional a usufruir de uma das medidas autorizadas, que permite o mandante do confronto definir quem será os detentores dos direitos de transmissão de seus jogos, e transmitiu sua vitória por 2 a 0 contra o Boa Vista na FlaTV, pela internet, atingindo mais de dois milhões em audiência somados pelos três pontos de transmissão como Facebook, Twitter e YouTube.

A iniciativa do clube carioca foi vista como muito positiva pela própria diretoria. No entanto, outros clubes ainda não utilizaram do artifício, como é o caso do Sport. Em entrevista para a Rádio Jornal, o presidente do clube, Milton Bivar, preferiu manter um pouco de cautela quanto a realidade dos números apresentados na transmissão do Flamengo e destacou pontos que devem ser analisados diante do cenário da partida.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

“A primeira vez que fui abordado sobre esse assunto (a MP), eu falei que iria com calma para analisar o que iria acontecer. O que aconteceu no jogo do Flamengo a gente tem que pensar por duas partes. Primeiro, era o único jogo daquele horário. Aqueles dois milhões de audiência não foram apenas de torcedores do Flamengo, então que dá um certo desconto em relação a essa audiência. Segundo, lógico que é bom ter outras opções de parceria. O mundo tá mudando rapidamente. Essa questão de streaming é muito legal e a transmissão de ontem foi muito bem feita, deu para assistir o jogo muito bem. É uma opção”, afirmou Milton Bivar.

Além dos mais de dois milhões de acessos nas diferentes plataformas digitais, o Flamengo conseguiu arrecadar dinheiro com patrocinadores durante a transmissão, que foi o caso da cervejaria Brahma, além dos internautas efetuarem pagamentos com valor a partir de R$ 1 para ter seus comentários destacados, conseguindo arrecadar mais de R$ 300 mil antes da partida começar.

O presidente do Sport vê com bons olhos que os clubes não dependa apenas de uma emissora, mesmo sem nunca ter grandes problema com a TV Globo, exceto um.

“A gente não pode ficar a mercê de uma só emissora, que é a Rede Globo, apesar que não tenho nada pra reclamar dela em termos comportamento. Só o adiantamento da prorrogação dos contratos que ela colocava o dinheiro na frente e quem não tinha muito zelo pela instituição foram pegando o dinheiro e deixaram o clube do jeito que estamos hoje”, afirmou.

Encontro com Bolsonaro

Oito presidentes de equipes do Brasil se encontraram com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para discutir a Medida Provisória 984. Os clubes reunidos foram Palmeiras, Santos, Bahia, Atlhetico-PR, Ceará, Fortaleza, Internacional e Coritiba que buscavam uma solução para a definição da MP – que está dentro do prazo de 120 dias para ser aprovada.

Os oito clubes têm em comum o acordo com o Esporte Interativo/Turner que possui os direitos de transmissão dos jogos desses clubes durante o Brasileiro – até antes da MP, só poderia transmitir jogos entre os clubes, por exemplo: Santos x Palmeiras, Bahia x Fortaleza e etc. Caso a medida seja aprovada pelo Congresso Nacional, a empresa detentora dos direitos poderia transmitir as partidas quando essas oito equipes forem mandantes, independente do adversário ter contrato ou não com a emissora.


FECHAR