publicidade
01/07/20
Apesar das dificuldades, Milton Bivar mantém confiança em relação ao futuro do Sport. Foto: Diego/Acervo JC Imagem
Apesar das dificuldades, Milton Bivar mantém confiança em relação ao futuro do Sport. Foto: Diego/Acervo JC Imagem

Milton Bivar admite que Sport não tem como quitar salários atrasados

01 / jul
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 11:04

A paralisação no futebol provocada pela pandemia do novo coronavírus potencializou a crise financeira no Sport. Em entrevista ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o presidente Milton Bivar admitiu que o Leão encontra dificuldade no momento para quitar os salários atrasados com os jogadores. Ele revelou que agora no fim desse mês de junho, que vence a partir do próximo dia 11, o clube começou a pagar parte dos vencimentos de abril.

LEIA MAIS

> Presidente do Sport apoia decisão do Estado e defende volta dos jogos com torcida

> Sport: Fluminense nega interesse em Rithely por meio de nota oficial

> Sport lançará aplicativo com produções audiovisuais exclusivas para o torcedor

> Futebol ainda sem data para retorno em Pernambuco

> Atacante do Sport aprova testes períodos da covid-19 durante preparação

Ainda de acordo com o mandatário, a direção iniciou essa ação depositando a quantia referentes ao combinado na carteira de trabalho (60%) em relação ao salário de cada atleta. O restante (40%) é pago com os direitos de imagem

“É o que eu falei. O Sport não tem condições de pagar tudo (os salários atrasados). Estamos fazendo um sacrifício enorme para conseguir receitar e honrar os compromissos. Continuamos com o salários atrasados. Aos poucos, iniciamos o pagamento de abril”, afirmou o presidente rubro-negro.

O Sport espera que com o retornos dos jogos as receitas voltem a subir. Basicamente, as fontes de renda do Leão são as parcelas do valor dos direitos de transmissão – R$ 500 mil, com a redução de 75% durante a paralisação – e as mensalidades dos sócios. Além disso, as ações de marketing criadas durante o período de inatividade.

JOGOS

Para Milton Bivar, as partidas podem ser retomadas a partir do dia 15 de julho. O presidente defende essa ideia porque nesse cenário o elenco já teria completado um mês na nova pré-temporada. Ele também acredita que as partidas possam começar já com torcida, porém, seguido um extenso protocolo de prevenção contra a covid-19.


FECHAR