publicidade
11/06/20
Neto Baiano marcou o gol do título do Sport da Copa do Nordeste de 2014. Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Neto Baiano marcou o gol do título do Sport da Copa do Nordeste de 2014. Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem

“Foi marcante”, diz Neto Baiano sobre tri do Sport da Copa do Nordeste em 2014

11 / jun
Publicado por Davi Saboya em Multimídia às 11:12

O atacante Neto Baiano foi o convidado desta quarta-feira da Live do Torcedor, no Instagram do Blog do Torcedor (@blogodotorcedor). Na transmissão ao vivo, ele lembrou o título de tricampeão da Copa do Nordeste obtido com o Sport em cima do Ceará no Castelão, em Fortaleza. O jogador classificou como “marcante” o segundo embate da final do torneio regional, que vai ser retransmitido neste sábado, às 18h, na TV e Rádio Jornal.

“Aquele jogo foi marcante. O Ceará jogou muito bem e Eduardo (Baptista, técnico da época) montou um esquema bem montado para segurar o resultado que fizemos dentro de casa (2×0). Até que tomamos um gol, em uma falha, mas em numa jogada de Aílton (meia), tivemos um pênalti, que tive a felicidade de acertar a cobrança. Um momento inesquecível ganhar esse título lá no Castelão e poder calar a torcida do Vozão”, disse o ex-jogador rubro-negro.

LEIA MAIS

> Preparador físico exalta time do Sport tricampeão da Copa do Nordeste de 2014: “Perfil de superação”

> Tacão lembra de bastidores do Sport na decisão da Copa do Nordeste de 2014

> Copa do Nordeste: TV Jornal retransmite título de tricampeão do Sport em 2014

> Sport lança promoção para reprise da final da Copa do Nordeste de 2014

> Sport aproveita reprise do tri do Nordestão para homenagear ex-atacante Ananias

Neto Baiano exaltou o empenho do elenco do Sport na ocasião após o técnico Eduardo Baptista assumir a equipe na vaga de Geninho. “O que deixou mais marcado pra mim na competição foi o fato de estarmos quase eliminados e depois obtermos a classificação. Foi uma grande reviravolta até chegarmos no título. Em 2014, não tínhamos um timaço, mas era uma equipe bem montada. Eduardo (Baptista) montou muito bem”, comentou.

O centroavante ainda revelou o pedido dele e outros líderes do elenco para o então dirigente Gustavo Dubex permanecer com filho de Nelsinho Batista no Leão, já que inicialmente estava como interino. “Ele (Eduardo Baptista) foi muito inteligente. Chegou e foi logo conversar com os mais experientes: Wendell, Patric, eu, Magrão e Durval. Ele perguntava bastante. Além disso, um profissional inteligente, estudioso e que conhecia o elenco”, contou.

Aos 37 anos, Neto Baiano ainda não pendurou as chuteiras e garante que só vai parar quando não fizer mais gols. Atualmente, defende o Brasiliense. Em onze jogos, balançou a rede cinco vezes.

CONFIRA


FECHAR