publicidade
08/06/20
Evandro Carvalho disse que Pernambucano será concluído em julho. Foto: Acervo / JC Imagem
Evandro Carvalho disse que Pernambucano será concluído em julho. Foto: Acervo / JC Imagem

Presidente da FPF confirma conclusão do Campeonato Pernambucano em julho

08 / jun
Publicado por Gabriela Máxima em Notícias às 12:02

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, revelou que o Campeonato Pernambucano será concluído no próximo mês de julho. O mandatário disse que há a possibilidade de retomar o futebol no final de junho, mas esta não é a intenção da entidade e dos clubes. Em entrevista ao programa Bate Rebate, da Rádio Jornal, ele ainda disse que Pernambuco tem a vantagem de só ter cinco rodadas, mais o mata-mata, para realizar.

“Nós reiniciarem os treinos por próprio decreto governamental no dia 15 (de junho). Nós poderíamos em tese reiniciar o Estadual, já que nosso planejamento foi para isso, a partir do dia 28. Mas não é intenção da Federação nem dos clubes. Portanto, deixamos todo o mês de julho em aberto para a realização das cinco rodadas. Então tanto faz iniciar dia 1, 2, 3. Vai ser uma decisão conjunta com a Federação e o governo do Estado. Não há nenhum pressa porque agora a prioridade é cumprir essa rotina de treinamento, seguindo todo o protocolo. Temos uma condição privilegiada porque só temos cinco rodadas. Portanto temos o mês de julho. Até o final de julho vamos concluir”, argumentou o presidente da FPF.

Evandro ainda falou que os Estaduais de todo o Brasil serão concluídos até julho e, logo depois, haverá o início do Campeonato Brasileiro.

“Estamos todos muito felizes. Hoje temos um cenário em todo o Brasil de retorno das competições estaduais em julho e encerramento em julho. Hoje logo cedo o Rio de Janeiro confirmou o retorno para sábado. São confirma hoje ainda ou amanhã. Restam então Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte, que devem reiniciar em julho e assim nossas expectativas é que até o final de julho todos os estaduais se encerrem e aí teríamos todas as condições de começar o Campeonato Brasileiro nas Séries A, B, C e D”, concluiu.


FECHAR