publicidade
02/06/20
Empate por 1x1 contra o Campinense garantiu o título do Santa Cruz no Nordestão. Foto: Diego Nigro/ Acervo JC Imagem
Empate por 1x1 contra o Campinense garantiu o título do Santa Cruz no Nordestão. Foto: Diego Nigro/ Acervo JC Imagem

TV Jornal e Rádio Jornal vão transmitir título do Santa Cruz na Copa do Nordeste de 2016

02 / jun
Publicado por Lucas Holanda em Notícias às 18:34

Por conta da pandemia do novo coronavírus que paralisou o mundo todo, a última partida do Santa Cruz foi no dia 15 de março, contra o Decisão, em um duelo válido pela penúltima rodada do Campeonato Pernambucano, onde o Tricolor venceu por 2×0 – já com o Arruda de portões fechados. A saudade está grande, mas o torcedor coral vai poder aliviar um pouquinho esse desejo de ver a Cobra Coral em campo. Isso porque a TV Jornal vai transmitir, neste sábado, às 18h, a partida entre Campinense x Santa Cruz, válida pelo segundo jogo da final da Copa do Nordeste de 2016. A partida também será transmitida pela Rádio Jornal e no mesmo horário.

A transmissão terá narração de Aroldo Costa, o Maior Gol do Mundo; e comentários de Carlyle Paes Barreto, o comentarista do Planeta Bola. Com o empate em 1×1 naquele 1º de maio de 2016, o Santa Cruz conquistou o Nordestão. Foi a única conquista do Tricolor na competição e para muitos torcedores o maior título da história do clube, que você vai poder assistir na tela da TV Jornal e também nas ondas da Rádio Jornal. A equipe da Rádio será com Ralph de Carvalho, o comentarista Bola de Ouro que diz todas as verdades; e Alexandre Costa, o Explosão do Escrete.

LEIA MAIS

Presidente da FPF prevê data do retorno do Campeonato Pernambucano

Presidente do Santa Cruz diz que futebol tem que voltar dando exemplo e conscientizando a população

Volante do Santa Cruz avalia longo período sem futebol: ‘mexe com o psicológico’

O JOGO

Comandado pelo técnico Milton Mendes e tendo a esperança de gols no artilheiro Grafite, o Santa Cruz fez um bom primeiro tempo e poderia até ter saído vencedor. No entanto, a equipe coral não conseguiu acertar a pontaria e saiu sem balançar as redes. Pelo lado do Campinense, uma equipe que não conseguia pressionar o Tricolor mesmo diante de um estádio Amigão lotado. A única chance dos mandantes na primeira etapa foi numa cabeçada bem fraca do atacante Rodrigão.

No segundo tempo, o Santa Cruz teve duas chances para abrir o placar e não conseguiu fazer. E aí o velho ditado entrou em ação: quem não faz, leva. E, aos 25 da etapa final, o atacante Rodrigão, que estava sumido no jogo, mandou para o fundo das redes coral, deixando o placar favorável para o Campinense. Com esse resultado, a equipe coral estava perdendo o título, já que no Arruda a partida de ida tinha sido 2×1 para os tricolores pernambucanos.

No entanto, desistir não era uma palavra daquele Santa Cruz. Aliás, é um termo que não faz parte da história do Tricolor. Aos 33, Keno faz bela jogada pela esquerda, cruza rasteiro para Arthur Caíque, que chuta de primeira, mas o zagueiro bloqueia a finalização. Na volta, o mesmo Arthur Caíque mandou para o fundo do gol, empatando a partida.

A partir daí, foi colocar ainda mais o coração em campo e conquistar o primeiro e único do Santa Cruz na Copa do Nordeste, para a explosão de milhares de tricolores espalhados por todo o mundo. Dos jogadores que entraram em campo naquele 1º de maio de 2016, apenas o zagueiro Danny Morais ainda está no Santa Cruz atualmente. Com o título, o Tricolor também garantiu vaga na Sul-Americana daquele ano.

FICHA TÉCNICA

Campinense: Glédson; Negretti, Joécio, Tiago Sala e Danilo; Fernando Pires, Magno, Raul (Filipe Ramon) e Roger Gaúcho (Adalgísio Pitbull); Jussimar (Tiago Pedra) e Rodrigão. Técnico: Francisco Diá

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vitor (Bruno Moraes), Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Leandrinho (João Paulo) e Lelê (Wellington Cézar); Arthur Caíque, Keno e Grafite. Técnico: Milton Mendes

OUÇA O GOL NA VOZ DE AROLDO COSTA


FECHAR