publicidade
01/06/20
Sander (D) ao lado de Raul Prata. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Sander (D) ao lado de Raul Prata. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem

Sport define protocolo e quer jogadores no Recife antes do dia 15 de junho

01 / jun
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 21:26

O Sport já comunicou aos jogadores que eles devem voltar para o Recife antes do dia 15 deste mês de junho. Isso porque a ideia do Leão é realizar as testagens da covid-19 com os atletas, comissão técnica e demais funcionários antes da data. Prazo que a partir de então o Governo de Pernambuco liberou para os times voltarem aos treinamentos no Estado e o clube vermelho e preto não quer perder tempo. Em entrevista ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o diretor médico rubro-negro Stemberg Vasconcelos revelou que o protocolo para a volta dos treinos está pronto e vai ser distribuído para o departamento de futebol nesta terça-feira. Vice-presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Murilo Falcão disse na noite desta segunda-feira à Rádio Jornal que a entidade vai “oferecer” testes aos times.

LEIA MAIS

> Time cipriota deve pagar 150 mil euros ao Sport nesta semana

> Mailson lamenta atraso do Brasil no combate à covid-19, mas mantém esperança

> Treinos de futebol profissional podem voltar dia 15 de junho em Pernambuco

> Além de portões fechados, futebol em Pernambuco terá redução de funcionários

“O protocolo já está pronto. Vamos divulgar amanhã (terça-feira) para os jogadores, comissão técnica e funcionários. Todos envolvidos no futebol serão testados antes do dia 15/06. Só estamos aguardando para alinhar com a Federação a divisão dos custos dos testes. Basicamente, vai consistir em testar todos os jogadores e dividir em grupos: quem já teve contato com a doença e quem não teve. Pode ser que seja detectados alguém com a doença Esse, claro, vai ser afastado pelo período de 14 dias e depois iremos refazer os testes para avaliar”, afirmou Stemberg.

“Além disso, a obrigatoriedade de seguir as medidas preventivas: álcool em gel, restrição de pessoas que não forem essenciais para o trabalho, funcionários em grupo de risco não irão trabalhar, uso permanente da máscara, claro que não para os jogadores em treinamento, distanciamento social. E tudo mais. Isso inicialmente. Depois com os treinos táticos, vamos aumentar o número de testes e o rigor no protocolo”, completou o médico.

PARALISAÇÃO

Quase todos os departamentos do Sport estão paralisados desde o dia 17 de março. A última partida aconteceu dois antes antes na derrota para o Ceará pela penúltima rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. Com a volta, a direção rubro-negra também vai precisar lidar com os atrasos salariais do elenco. Os jogadores e comissão técnica estão com os vencimentos de março e abril atrasados, além de alguns casos do grupo diante da não uniformidade de pagamento do Leão.


FECHAR