publicidade
27/05/20
Denilson fez seis jogos pelo Santa Cruz. Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz
Denilson fez seis jogos pelo Santa Cruz. Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz

Denilson busca aprendizado com os zagueiros mais experientes do Santa Cruz

27 / maio
Publicado por Fernando Castro em Notícias às 8:17

Contratado no início da temporada para defender o Santa Cruz, o zagueiro Denilson, formado nas categorias de base do Grêmio, tem buscado aprender com os jogadores mais experientes da posição. É o caso de Danny Morais, Willian Alves e Célio Santos, todos acima de 30 anos e com rodagem no futebol a nível nacional e até internacional. O defensor coral acredita que a troca de experiência com os mais mais velhos tem sido positiva para o seu desenvolvimento profissional.

“Sem dúvidas é algo positivo, estou sempre conversando com eles, são jogadores mais experientes, tem mais bagagens. Junto com Feliphe Gabriel e Ítalo Melo, que somos mais novos, a gente está sempre atento ao que eles falam para a gente, dicas de posicionamento, então isso só vai fazer a gente melhorar ainda mais dentro de campo”, avaliou o zagueiro Denilson, em entrevista ao repórter Filipe Farias, para a Rádio Jornal.

A paralisação do futebol há mais de dois meses em razão da pandemia do novo coronavírus tem atrapalhado um pouco os planos de Denilson no Santa Cruz. Aos 25 anos, o zagueiro disputou até o momento seis jogos com a camisa tricolor, sendo cinco como titular, e tem como um dos principais objetivos para a temporada superar o número de partidas que teve em 2017, ano em que mais atuou como profissional, quando entrou em campo nove vezes pelo PSTC.

“É um dos meus objetivos sem dúvidas, vinha com uma boa média de jogos no início da temporada e infelizmente aconteceu essa paralisação por conta da pandemia, mas quero buscar o meu espaço. Estou trabalhando, sei que a concorrência é alta, tem grandes jogadores no Santa Cruz, mas eu vim aqui para ajudar o time e crescer vestindo a camisa do Santa Cruz”, disse o zagueiro.

LEIA MAIS

Conselho não descarta adiar eleição do Santa Cruz se Série C for prolongada

Grafite é o convidado desta quarta-feira da Live do Torcedor

João Paulo relembra momentos no Santa Cruz e deixa possibilidade de retorno em aberto

INÍCIO

Na expectativa para o retorno dos campeonatos, o defensor avaliou o início de temporada do Santa Cruz como positivo, assim como os seus primeiros jogos defendendo a camisa tricolor. Antes da paralisação do futebol, o time comandado pelo técnico Itamar Schulle liderava com folga o Campeonato Pernambucano e brigava por uma classificação às quartas de final da Copa do Nordeste. Até o momento, o cenário ainda é de indefinição quanto o retorno das competições.

“Acredito que a gente estava tendo um bom início de temporada, todo o grupo, a gente estava indo muito bem nas competições. Sobre as minhas atuações, tirando a expulsão contra o Central, acredito que o meu saldo é positivo com a camisa do Santa Cruz, eu fiz boas partidas também. Gostei muito do clube, fui muito bem recebido por todos, o Santa Cruz tem uma grande estrutura, está se modernizando agora com o CT, que só vem para agregar para o clube”, avaliou Denilson.


FECHAR