publicidade
16/05/20
Grafite marcou dois gols neste jogo. Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Grafite marcou dois gols neste jogo. Foto: Diego Nigro/ JC Imagem

Relembre, na voz de Aroldo Costa, goleada do Santa Cruz contra o Cruzeiro pelo Brasileirão de 2016

16 / maio
Publicado por Lucas Holanda em Multimídia às 14:56

Dando sequência a série Memória, que relembra jogos marcantes do futebol pernambucano com narrações históricas do Escrete de Ouro da Rádio Jornal, o escolhido deste sábado é a goleada por 4×1 do Santa Cruz contra o Cruzeiro, em um duelo válido pela Série A de 2016. Com gols de Grafite (2x), Keno e Arthur Caíque, o Tricolor goleou os mineiros – que descontaram com De Arrascaeta – no estádio do Arruda. A narração dos gols é de Aroldo Costa, o Maior Gol do Mundo.

O JOGO

O Cruzeiro começou a peleja tendo mais posse de bola e criando mais oportunidades, mas foi o Tricolor que abriu o placar. Em jogada individual, o atacante Grafite passou pela defesa do time mineiro e, quando driblou Fábio, foi derrubado pelo goleiro da Raposa. Pênalti convertido pelo camisa 23, que na época estava voando. 1×0 Santa aos 19 da etapa inicial.

Mesmo criando mais chances, o Cruzeiro não conseguia passar pela muralha Tiago Cardoso, que fazia milagre após milagre nos chutes da Raposa, principalmente com o meia De Arrascaeta, principal jogador dos mineiros.

LEIA MAIS

Treinador do Watford teme uma morte caso Premier League volte a ser disputada

Futebol retorna na Alemanha, mas com muitas diferenças; veja como foi

Maestro Forró exalta paixão pelo Santa Cruz na Live do Torcedor

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou com o Cruzeiro continuando na pressão. E, de tanto insistir, uma hora a bola entrou. Em cobrança de falta indefensável, o meia De Arrascaeta empatou o jogo. Mas a noite era pernambucana. Era do artilheiro. Era do Santa Cruz. Era de Grafite, que driblou Bruno Rodrigo aos 19 minutos da etapa final e, com categoria, tocou por cima do goleiro Fábio, deixando a equipe coral em vantagem.

E o que já estava bom, ficou ainda melhor aos 31 minutos do segundo tempo. Keno cruzou e Arthur Caíque completou de cabeça para o fundo do gol, fazendo o terceiro do Santa Cruz no jogo. Aos 44, Keno saiu em velocidade e, na saída de Fábio, tocou com categoria, dando números finais ao jogo e transformando a partida em goleada.

FICHA TÉCNICA

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura (Leandrinho), Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Alex Bolaño (Wallyson), Uillian Correia e Fernando Gabriel (João Paulo); Arthur Caíque, Keno e Grafite. Técnico: Milton Mendes.

Cruzeiro: Fábio; Lucas (Pisano), Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Sanchez Miño; Henrique, Bruno Edgar, Ariel Cabral (Alex) e De Arrascaeta (Douglas Coutinho); Élber e Willian. Técnico: Paulo Bento.

OUÇA OS GOLS DO SANTA CRUZ NA VOZ DE AROLDO COSTA

 


FECHAR