publicidade
07/04/20
O ex-jogador e irmão chegaram ao Paraguai no último dia 4. Foto: AFP
O ex-jogador e irmão chegaram ao Paraguai no último dia 4. Foto: AFP

Juiz paraguaio concede prisão domiciliar a Ronaldinho e o irmão Assis

07 / abr
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 18:04

AFP – Um juiz paraguaio concedeu prisão domiciliar ao ex-craque Ronaldinho Gaúcho, que deverá continuar a responder o processo por uso de passaporte adulterado no Paraguai em um hotel em Assunção, informaram fontes judiciais nesta terça-feira.

“A medida alternativa corresponde a Ronaldinho e seu irmão e a continuação de sua prisão em um hotel. Tenho o registro da aceitação dos gerentes do hotel para que, às suas próprias custas, permaneçam em prisão domiciliar lá”, disse o juiz Gustavo Amarilla em uma coletiva de imprensa.

Ronaldinho cumpriu um mês de prisão na segunda-feira na Agrupação Especializada de Assunção. A medida também beneficia o irmão Roberto de Assis Moreira.

Os advogados de defesa pagaram fiança no valor de 1,6 milhão de dólares para os dois brasileiros.

Amarilla, juiz garantista, aceitou a quantia oferecida e ordenou a libertação do ex-craque do futebol mundial da prisão.

Devido à epidemia de coronavírus, o juiz comunicou sua decisão ao acusado por celular na presença do promotor e da defesa.

LEIA MAIS

> Premier League vive polêmica envolvendo dinheiro público e salários milionários

> Clubes do futebol italiano fazem acordo para reduzir salários de jogadores

> Durante pandemia, Müller renova contrato com Bayern até 2023

Ronaldinho chegou em 4 de março e foi recebido com entusiasmo por cerca de duas mil crianças e adolescentes no Aeroporto Internacional de Assunção, com uma agenda destinada a ajudar crianças desamparadas por meio de uma fundação chamada Fraternidade Angelical.

Ao chegar ao terminal, ele e seu irmão e um empresário brasileiro que os acompanhava mostraram passaportes paraguaios reais, mas com conteúdo falso, às autoridades de imigração. A pena deve chegar a cinco anos de prisão.

Ambos alegaram que os documentos lhes foram entregues de presente pela empresária que os convidou para vir ao Paraguai, chefe da fundação humanitária, até o momento foragida.

Pela causa, outras 14 pessoas foram indiciadas e forçaram a renúncia do diretor de Migração.

A investigação tributária busca determinar em que contexto os documentos falsificados foram emitidos e qual o objetivo de seu uso no Paraguai, ambos tendo processado sua própria documentação brasileira.

O juiz Gustavo Amarilla anunciou que Ronaldinho e seu irmão vão ficar em um hotel na rua central de Palma de Assunção.

O ex-jogador da seleção brasileira fez 40 anos no dia 21 de março, quando estava preso na capital paraguaia.

PODCAST

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus afetando o mundo todo, o futebol segue sendo debatido no podcast Liga do Escrete, um podcast da Rádio Jornal especializado em futebol internacional. No episódio desta semana, além de algumas notícias dos clubes, vários quadros exclusivos do programa. Dentre os assuntos debatidos, um tema que gerou bastante debate: quais os cinco maiores atacantes da história da Seleção Brasileira? Além disso, um duelo envolvendo um craque do passado x craque da atualidade: Maldini ou Piqué, quem você queria no seu time?

Além desses temas, o programa também comentou escolheu a maior final de Liga dos Campeões dos últimos 20 anos. Ah, na trilha sonora do programa… Led Zeppelin! Você pode ouvir o podcast desta semana através do site da Rádio Jornal ou no seu aplicativo de podcast favorito.


FECHAR