publicidade
07/04/20
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Catar nega que tenha subornado para ser eleito sede da Copa de 2022

07 / abr
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol Internacional às 18:05

Da AFP – O Catar afirmou nesta terça-feira (7) que as acusações de que pagou propinas para sediar a Copa do Mundo de 2022 “não têm fundamento” e garantiu que serão “rebatidas com contundência”.

De acordo com documentos do promotor federal do Brooklyn publicados na segunda-feira (6), os dirigentes da Fifa receberam subornos para votar a favor de conceder à Rússia a Copa do Mundo de 2018 e ao Catar o Mundial de 2022. O emirado afirmou que “negou veementemente as alegações contidas nos documentos”.

LEIA MAIS:

>Clubes do futebol italiano fazem acordo para reduzir salários de jogadores

>Ronaldinho Gaúcho e Assis podem sair da prisão nesta terça-feira (7)

>Salgueiro, Afogados e Central aliviados por ajuda da CBF, mas cobram olhar mais cuidadoso à intermediários

Essas novas revelações estão ligadas ao grande escândalo de corrupção envolvendo autoridades do futebol mundial, que eclodiu em 2015, mergulhando a Fifa na pior crise de sua história e motivando a queda do então presidente Joseph Blatter.

“Isso faz parte de um caso de longa data, cujo objeto não é o processo de atribuição das Copas do Mundo de 2018 e 2022”, declarou o Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2022.

“Apesar de anos de falsas acusações, não há evidências que demonstrem que o Catar tenha obtido a organização da Copa do Mundo de 2022 de maneira duvidosa ou por meios que violem as regras estritas da Fifa”, acrescentou a o comitê.

A Rússia também negou nesta terça-feira (7) o pagamento de propinas para sediar a Copa do Mundo de 2018.

PODCAST

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus afetando o mundo todo, o futebol segue sendo debatido no podcast Liga do Escrete, um podcast da Rádio Jornal especializado em futebol internacional. No episódio desta semana, além de algumas notícias dos clubes, vários quadros exclusivos do programa. Dentre os assuntos debatidos, um tema que gerou bastante debate: quais os cinco maiores atacantes da história da Seleção Brasileira? Além disso, um duelo envolvendo um craque do passado x craque da atualidade: Maldini ou Piqué, quem você queria no seu time?

Além desses temas, o programa também comentou escolheu a maior final de Liga dos Campeões dos últimos 20 anos. Ah, na trilha sonora do programa… Led Zeppelin! Você pode ouvir o podcast desta semana através do site da Rádio Jornal ou no seu aplicativo de podcast favorito.


FECHAR