publicidade
02/04/20
Thiago foi a principal revelação do Náutico na última temporada. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Thiago foi a principal revelação do Náutico na última temporada. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Balanço do Flamengo revela valor abaixo do especulado de venda do Náutico

02 / abr
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 16:17

O Flamengo detalhou as finanças da última temporada em balanço divulgado nesta terça-feira (31), incluindo os valores da compra do atacante Thiago, vendido pelo Náutico. De acordo com o relatório do clube carioca, o jogador foi negociado por R$ 4,913 milhões, valor abaixo dos R$ 7 milhões especulados pela imprensa do Rio de Janeiro. O valor total recebido pelo Timbu diminuiu devido ao abatimento de algumas dívidas do clube e a desvalorização do Real.

De acordo com a diretoria do Náutico, parte do valor da negociação foi destinado para o abatimento de dívidas. O time pernambucano devia ao Flamengo um valor envolvendo o empréstimo do meia Vinícius Pacheco, em 2013. A dívida com a Agência 90 minutos, que representava o meia chileno Daniel “Chuck” González, que jogou no Timbu em 2009, também foi abatida. Além das dívidas, a desvalorização do Real em relação ao Euro, moeda na qual o negócio foi feito, também influenciou no valor recebido pela venda ser menor.

Depois de Thiago ser vendido, o Náutico não divulgou os valores da negociação alegando uma cláusula de confidencialidade imposta no contrato. O clube pernambucano apenas informou que manteve 18% dos direitos econômicos do jogador. Ainda de acordo com o relatório financeiro divulgado pelo Flamengo, a maior parte da transação será paga nesta temporada. Assim, o Náutico ainda vai receber R$ 3,51 milhões, como informou o balanço.

LEIA MAIS

> Coronavírus: jogador do Náutico tem na família a força para superar momento difícil

> Com imagem recuperada no mercado, Náutico desperta interesse de jogadores

> Em meio à pandemia do novo coronavírus, presidente do Náutico faz apelo aos sócios

Mesmo com o valor abaixo do especulado, a venda do atacante Thiago continua sendo a maior da história do Náutico. A transação é superior, portanto, a negociação envolvendo o lateral-esquerdo Douglas Santos, vendido em 2013 ao Granada-ESP, por um total de R$ 4,5 milhões. No ano passado, além de Thiago, outros dois jogadores da base alvirrubra foram vendidos.

Antes da venda de Thiago ao Flamengo, o volante Luiz Henrique foi negociado com o Moreirense por pouco mais de R$ 1 milhão, com o Náutico mantendo 20% dos direitos econômicos do jogador. Já no primeiro semestre do ano passado, o atacante Robinho teve 50% dos direitos vendidos ao Bragantino por R$ 1 milhão. O time alvirrubro permaneceu com 35% dos direitos econômicos, enquanto os outros 15% pertence ao atleta.

Ascensão

Principal revelação do Náutico na última temporada, o atacante Thiago teve uma rápida ascensão no clube. Em dezembro de 2018, ainda com 17 anos, foi o autor do gol histórico no amistoso contra o Newell’s Old Boys, que marcou a reabertura do estádio dos Aflitos. No ano seguinte, conquistou espaço no time titular e não saiu mais, sendo um dos principais jogadores no acesso à Série B e na conquista inédita do título nacional. Ao todo, foram 39 jogos disputados e oito gols marcados com a camisa alvirrubra. O bom ano ainda rendeu a Thiago uma convocação para a seleção brasileira sub-18.


FECHAR