publicidade
01/04/20
Lula completará 66 anos este mês de abril. Foto: Divulgação
Lula completará 66 anos este mês de abril. Foto: Divulgação

Isolado por conta do coronavírus, idoso diz que se sente vivo após completar de 100km em casa

01 / abr
Publicado por Gabriela Máxima em Notícias às 10:04

Acostumado a correr praticamente todos os dias, Lula Holanda precisou se adaptar ao isolamento sem abandonar o hábito de se exercitar. A solução encontrada pelo pernambucano foi lançar o desafio de completar 100km em 10 dias. Tudo em casa. Um dia após concluir seu objetivo, o corredor de 65 anos garante que o período foi difícil, mas conseguiu encontrar o equilíbrio para se manter ativo durante a pandemia do coronavírus.

“Realmente não foi fácil quando eu tive que dizer não à liberdade e ficar confinado no apartamento em quarentena. Foi muito difícil porque eu sou uma pessoa muito ativa e gosto de estar com gente. Isso está me fazendo muita falta. Estar com pessoas e fazer o que eu gosto que é justamente manter o grupo da Acorja. Praticamente todos os dias, com exceção da segunda-feira, eu estou no Parque da Jaqueira com gente”, relatou Lula, sobre o desafio do isolamento.

>> Em isolamento por conta do coronavírus, idoso corre 100km em 10 dias em casa

“Se isolar não foi fácil. Graças a Deus eu tenho uma família, que me deu apoio. Queira ou não queira você está preso. Ninguém me deixa sair. Essa sugestão de correr dentro de casa, aí criei o desafio, foi o que me deu mais alegria e vontade de viver. Comecei a motivar pessoas, amigos de outros estados. Foram muitos. Tenho uma relação de 80 pessoas que estão correndo dentro de casa”, relatou.

“Se manter ativo é se manter vivo”

Lula resumiu o que representa se manter ativo, correndo. Para ele, o desafio terminou, mas esse período serviu de adaptação para seguir o isolamento domiciliar. “(Me manter ativo representa tudo para mim. É me manter vivo. Graças a Deus encontrei a possibilidade de correr, me adaptar a correr dentro de casa. Foi muito salutar. Me manter ativo é muito importante para minha vida. Nesse momento em que todo mundo está vivendo assustado”, concluiu.

 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

 

A 84ª Maratona/Ultra foi SENSACIONAL! Tive a honra de chegar junto com o homenageado Nilson Lima (@nilsonpaulolima ) , que completou simplesmente a sua 158ª maratona! Impressionante! Parabéns, amigo!!! Na chegada, fomos recebidos pela lenda Nato Amaral (@natoamaral ), o brasileiro que tem a cara da Comrades… e porque não dos @100kmdofrio ?! Será que o Nato nos honrará com sua presença em 2018 na 7ª edição da Ultramaratona ????KM DO FRIO, a Comrades brasileira?! Vem Nato!!! ???????????????????? . Além das lendas Nilson Lima e Nato Amaral, muitas outras estavam presente nesse evento maravilhoso! Não posso deixar de mencionar e agradecer presença dos amigos acorjeanos, Paulo Picanha (@pauloricardolins ), Julio Cordeiro (@juliocordeiro100maratonas ) e Flávio Maia. Bom demais estar entre amigos! . Obs.: dessa vez o tempo foi 03:53h – terceira consecutiva com sub-4h (POA, RIO, UDI). Obrigado Senhor, por mais uma Vitória. EU QUERO, EU POSSO, EU CONSIGO… ACORJA, ACORJA!!! ???? . . . #acorja #maratonanilsonlima #42k #84maratonas #amigoscorredores #viciadosemcorridaderua #instarunners #vamosimbora_ #programafolego #runnerscommunity #amocorrer

Uma publicação compartilhada por Lula Holanda Ultramaratonista (@lulaholanda.acorja) em


FECHAR