publicidade
19/02/20
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Milton Mendes fala de alívio após arquivamento de inquérito em que é acusado de estupro

19 / fev
Publicado por Luana Ponsoni em Futebol nacional às 15:16

Acusado de estupro em novembro do ano passado, por uma funcionária de um hotel onde morava, quando comandava o São Bento, o técnico Milton Mendes usou a rede social Instagram para anunciar que o inquérito foi arquivado. O medida aconteceu na última terça-feira (18), na  4ª Vara Criminal do Fórum Israel Gomes de Paula na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. O ex-treinado de Sport e Santa Cruz está afastado das atribuição de técnico de futebol desde que passou a figurar como acusado nas investigações.

LEIA MAIS

Milton Mendes nega acusação de estupro, mas deixa São Bento

“Ouvia alguns funcionários fazendo queixa de Milton Mendes”, diz vice do Santa Cruz

Ao JC, Milton Mendes rebate acusações sobre sua passagem pelo Santa Cruz

 

O Boletim de Ocorrência contra Milton Mendes foi registrado pela funcionária da cozinha do hotel na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sorocaba, no começo de novembro do ano passado, por abuso sexual. O treinador deixou o São Bento no dia 2 do referido mês, após empate contra o Criciúma pela Série B e disse ter tomado conhecimento da acusação no dia do jogo. Na ocasião, o treinador alegou total inocência.

“Meu coração hoje está aliviado pela Justiça. Agradeço a todas as pessoas que me deram apoio, que me incentivaram, mandando mensagem no Instagram, facebook. E agradecer principalmente à minha família, meu filho, minha filha, minhas irmãs e irmãos. Todos me apoiaram muito e isso me deu forças para lutar. E estar firme hoje cada vez mais forte, com um alicerce preparado, sabendo que o ser humano, muitos, não são todos, querem sempre tirar algum proveito e uma oportunidade. O Milton não foi o primeiro e nem será o último. Portanto, estamos vivendo em uma sociedade que é perigosa. Um beijo no coração de todos”, declarou o treinador em vídeo publicado no Instagram.

CONFIRA A DECLARAÇÃO DE  MILTON MENDES NA ÍNTEGRA

Estou aqui passando para dizer a todos vocês, para dizer do encerramento do caso, que colocou meu nome em uma acusação mentirosa, leviana. E eu, neste momento, estou feliz e estou dividindo esta felicidade com vocês. Desde o primeiro momento, isso atrapalhou não só a minha vida pessoal, como a profissional e agora eu estou retomando as minhas atividades até porque tudo que eu amo fazer, me dedicar ao futebol, treinar, me dedicar às equipes, algo que sempre tive êxito na maioria delas por onde passei. Desde que houve essa acusação, sempre me coloquei à disposição dos policiais, dos promotores, juízes, todos para que as coisas fossem resolvidas da melhor forma. Eu poderia ficar em Santa Catarina ou em Portugal, esperando cartas precatórias, que são cartas que eles mandam e, tempos depois, chegam ao seu destino e isso demoraria anos, ia ficar se arrastando. Eu tomei a iniciativa de procurar as pessoas: a delegada, o órgão público para mais rapidamente porem as coias a limpo. Então, estou tranquilo hoje, estou bem. Eu já estava tranquilo antes, mas é sempre ruim o nome da gente estar colocado em uma situação dessas. Tenho mulher filhos, uma filha, irmãs, uma carreira que foi muito difícil construir. Vivi a minha vida inteira em hotéis, conheci pessoas de todos os tipos, vivendo em situações diferentes em todos os lugares e nunca aconteceu nada parecido. Meu coração hoje está aliviado pela Justiça. Agradeço a todas as pessoas que me deram apoio, que me incentivaram, mandando mensagem no Instagram, facebook. E agradecer principalmente à minha família, meu filho, minha filha, minhas irmãs e irmãos. Todos me apoiaram muito e isso me deu forças para lutar. E estar firme hoje cada vez mais forte, com um alicerce preparado, sabendo que o ser humano, muitos, não são todos, querem sempre tirar algum proveito e uma oportunidade. O Milton não foi o primeiro e nem será o último. Portanto, estamos vivendo em uma sociedade que é perigosa. Um beijo no coração de todos. 


FECHAR