publicidade
19/02/20
Rithely passou duas temporadas emprestado ao Internacional. Foto: Anderson Stevens/Sport
Rithely passou duas temporadas emprestado ao Internacional. Foto: Anderson Stevens/Sport

Documentos vazados expõem detalhes do acordo da dívida do Sport com Rithely

19 / fev
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 21:47

Os detalhes do acordo feito pelo Sport com um dos empresários de Rithely sobre o débito referente a compra de 50% dos direitos econômicos em 2017 foram expostos, nesta quarta (19), nas redes sociais. No fim do mês passado, o clube confirmou que entrou em acordo com o staff do jogador: a dívida de R$ 7,5 milhões seria paga em troca de uma permuta de patrocínio na manga do uniforme. Porém, no contrato vazado, mostra que a nova parceira (Gav Resorts) do Leão banca apenas R$ 1 milhão da dívida de R$ 5 milhões com uma das duas empresas (JRP Marketing e Lupp Participações) detentoras do percentual do jogador. Neste caso, a negociação divulgada pelo time rubro-negro envolve apenas a JRP.

Ainda de acordo com vazamento, em 2017, a gestão do então presidente Arnaldo Barros realizou um acordo de compra de 50% dos outros direitos econômicos de Rithely pelo valor de R$ 5 milhões. Sendo R$ 3 milhões por 25% da JRP e R$ 2 milhões pelo restante para Luppi. Porém, foi pago apenas R$ 314 mil para a primeira e R$ 129 mil para a última. Vale lembrar que o Leão já era dono da outra metade do percentual do atleta.

O não pagamento total resultou em duas ações na Justiça por parte das duas empresas contra o Sport cobrando os respectivos valores negociados. Assim, em busca de um abatimento do passivo, a atual gestão entrou em acordo apenas com a JRP. Segundo o documento vazado, R$ 1 milhão pago por meio do patrocínio da Gav Resorts na manga do padrão por um ano e os outros R$ 4 milhões divididos em 40 parcelas de R$ 100 mil, com a primeira para ser paga no próximo mês de julho. A diferença no valor é referente aos juros e encargos embutidos na quantia durante as três últimas temporadas.

LEIA MAIS

> Daniel Paulista testa Rithely no treino desta quarta-feira do Sport

> Análise dos momentos das equipes na Copa do Nordeste é foco do nono Nordestão Cast

> “O que tinha para errar, a gente já errou”, afirma volante do Sport

Em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, Blog do Torcedor e Rádio Jornal, o vice-presidente Carlos Frederico confirmou a veracidade dos documentos vazados nas redes sociais. É dele uma das assinaturas no contrato divulgado nas redes sociais. Questionado sobre valores, ele preferiu não entrar em detalhes. Apenas revelou que a gestão passada deixou débitos com o volante Rithely, na pessoa física e jurídica, além dos empresários. O dirigente contou que, no final das contas, o clube vai pagar mais de R$ 7,5 milhões com o imbróglio. Além disso, frisou que o Leão também chegou em um acerto com a Luppi Participações. Ele reiterou que o jogador só voltou para o Sport porque a direção entrou em acordo com todas as partes.

MAIS DÍVIDAS

O Sport foi condenado a pagar quase R$ 1 milhão ao ex-volante Fabrício por conta de salários atrasados, FGTS, multas, juros e cláusula compensatória. Em outra ação na Justiça do Trabalho, o ex-zagueiro Oswaldo Henríquez cobra R$ 400 mil de férias, 13º salário e FGTS.


FECHAR