publicidade
17/02/20
Sport trabalha em dois períodos no primeiro dia sob o comando de Daniel Paulista. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Sport trabalha em dois períodos no primeiro dia sob o comando de Daniel Paulista. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem

Opinião: Daniel na cova dos leões

17 / fev
Publicado por Carlyle Paes Barreto em Instant Articles às 16:28

Se a direção do Sport vê a questão física como maior problema neste desarrumado início de ano, então por que mudou o treinador? E se Brocador e Mugni foram poupados no clássico de sábado por estar mal fisicamente, por ter começado os trabalhos tardiamente, então qual motivo da escalação de Rithely e Thyere na derrota para o Náutico? Sem falar a opção de ter deixado vários titulares de fora, especialmente William Correia, o mais lúcido da equipe. Com tantos erros, se vê que a chegada de Daniel Paulista não é a salvação. O problema vem de cima. E não é apenas pela questão financeira.

Sport volta a viver “Dia da Marmota” com retorno de Daniel Paulista

Se o Sport já saiu da Copa do Brasil, se arrasta no Estadual e está ameaçado na Copa do Nordeste, sabe que o grande objetivo do ano é se manter na Série A. E desta forma será mais complicado ainda.

É preciso parar de bater cabeça e tentar alternativas para reforçar um grupo inchado e limitado. E não apenas lamentar a falta de dinheiro. Daniel Paulista pode estar empolgado com a grande chance de começar uma Série A. Mas é preciso entender que apenas mudar a forma de jogar poderá não ser suficiente.

 

 

LEIA MAIS

> Fim do rodízio: Daniel Paulista mira sequência para time titular do Sport

> Presidente do Sport explica contratação de Daniel Paulista e elogia treinador

> “Hoje o Sport tem um técnico rubro-negro”, afirma Daniel Paulista

> De volta à Ilha, Daniel Paulista destaca trabalho: ‘Vamos colocar o Sport na rotina de vitórias’


FECHAR