publicidade
17/02/20
Daniel Paulista comandou o Sport nas últimas oito rodadas do Brasileirão e livrou o time do rebaixamento. Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Daniel Paulista comandou o Sport nas últimas oito rodadas do Brasileirão e livrou o time do rebaixamento. Foto: Diego Nigro/ JC Imagem

Anunciado pelo Sport, Daniel Paulista retorna ao clube onde se tornou ídolo

17 / fev
Publicado por Túlio Feitosa em Notícias às 9:52

Finalmente oficializado, a torcida do Sport agora conta com o retorno de um ídolo no comando do elenco rubro-negro. O técnico Daniel Paulista anunciou sua saída do Confiança-SE logo após a partida contra o Ríver-PI, pela Copa do Nordeste, e foi anunciado como comandante do Leão logo depois. Essa será a segunda passagem de Daniel Paulista como treinador do Sport, que já irá se reunir com o elenco na manhã desta segunda (17), em preparação para a próxima partida contra o América-RN, no sábado (15).

Com o ambiente conturbado, por causa da eliminação precoce na Copa do Brasil e baixo rendimento no Estadual e Copa do Nordeste, Daniel sai de uma zona de conforto que ele mesmo construiu, no Confiança. A pressão passa agora, para o treinador, passa a ser maior, mas o desafio foi abraçado como uma oportunidade para o ex-jogador. “Essa oportunidade, com certeza, está sendo alcançada devido ao Confiança. Ao trabalho que desenvolvemos aqui. Foi quase um ano à frente do clube. Sempre com grandes conquistas e muito trabalho”, contou.

LEIA MAIS

>> Com direito a “olé”, Náutico supera o Sport por 2×0 pela Copa do Nordeste

>> Guto Ferreira não é mais técnico do Sport

>> César Lucena será o treinador interino do Sport no clássico com o Náutico 

>> Torcedores do Sport recebem mensagem citanto “sócio alvirrubro”  

>> Daniel Paulista é o novo técnico do Sport

>> Milton Bivar defende elenco do Sport: ‘muitos chegaram outro dia’

No comando de Daniel Paulista, o Confiança alcançou a liderança tanto do Nordestão quanto do Estadual, além de ter conquistado o acesso à Série B no ano passado. Conquista histórica, já que o Confiança não jogava a segunda divisão do Brasileirão há 29 anos. “A gente sai chateado por estar interrompendo um trabalho, mas é uma situação que para a gente buscar voos mais altos muita vezes temos que enfrentar desafios”, acrescentou o técnico.

REESCREVENDO O CAPÍTULO

Mas uma reação na temporada, com Sport, não seria novidade para Daniel, que já salvou o Leão duas vezes do rebaixamento na Série A, em 2016 e 2017. Ele atuava como auxiliar técnico desde 2015, ano seguinte à sua aposentadoria como profissional, e foi efetivado após a saída do técnico Oswaldo de Oliveira, que treinou a equipe rubro-negra em 2016. “É um clube que trabalhei durante, praticamente, nove anos ali dentro. Estou recebendo essa oportunidade, não em virtude de conhecer as pessoas, mas sim pelo trabalho que eu desenvolvi. Pelas duas vezes em que eu consegui, junto com os atletas e funcionários, livrar o clube do rebaixamento, foram trabalhos extremamente difíceis. Pelo trabalho quando eu consegui colocar o clube na Sul-Americana, quando ninguém mais acreditava”, concluiu o ex-volante.

ÍDOLO RUBRO-NEGRO

Daniel Paulista chegou no Sport para fazer parte da maior conquista da história recente do clube. O ex-volante tinha acabado de fazer uma temporada pelo rival Náutico, em 2007, e vestiu a camisa rubro-negra no ano seguinte. Em 28 partidas disputadas pelo clube naquele ano, Daniel levantou a taça da Copa do Brasil 2008 e do Pernambucano.

Em 2009 se transferiu para o Rapid Bucarest, da Romênia, mas voltou ao Sport para disputar a Taça Libertadores e permaneceu até 2011. Ao todo, foram três títulos com a camisa do Leão.


FECHAR