publicidade
09/02/20
Central liberou outro vestiário para o Sport durante o jogo contra o Decisão. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Central liberou outro vestiário para o Sport durante o jogo contra o Decisão. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

“Se ele disse que estava numa pocilga, posso dizer que estava no lugar certo”, rebate presidente do Central

09 / fev
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 20:08

O presidente do Central, Alexandre Leite, não mediu palavras para rebater a declaração do diretor do Sport, Fred Domingos, sobre o vestiário do estádio Lacerdão destinado ao Leão. Antes do jogo entre Sport e Decisão, neste domingo, em Caruaru, Agreste de Pernambuco, o dirigente rubro-negro classificou como uma “pocilga” o local apontado para os jogadores, comissão técnica e staff. Na visão do mandatário da Patativa, se Fred Domingos enxergou o ambiente desta maneira, estava no lugar certo.

LEIA MAIS

> Dirigente do Sport reclama de vestiário no Lacerdão: “Verdadeira pocilga”

> Sport não passa pelo Decisão e acumula sexto empate na temporada

> Jogadores do Sport lamentam mais um empate em 2020

> Veja lance a lance do empate do Sport contra o Decisão no Lacerdão

“Quem fala o que quer, ouve o que não quer. Se ele (Fred Domingos, diretor do Sport) disse que estava numa pocilga, posso dizer que estava no lugar certo”, afirmou o mandatário, em entrevista à Rádio Jornal. “Aquela vestiário estava desativado, mas tenho plena convicção que não existiu má fé. E sim, uma falha de comunicação. Reitero, o Central tem uma casa decente para receber os visitantes”, completou.

Alexandre Leite explicou que, além do vestiário alternativo destinado ao Sport, o Central conta com outros dois que são usados constantemente. Ele também não escondeu o erro cometido. Para o presidente do clube de Caruaru, o diretor do Leão não deveria ter tratado dessa forma a situação. “Temos dois vestiários reformados, que atendem aos requisitos. Esses são os espaços usados pelos clubes que passam aqui”, disse.

“Houve uma reclamação exagerada e desrespeitosa. Essas declarações não pode ser feitas por dirigentes. Nós dirigentes somos formadores de opinião. O Central entende que a situação de todos os times são difíceis. Sabemos da dificuldade. Imagino até que a Ilha do Retiro deve ter problemas estruturais”, acrescentou.

O Sport ficou no vestiário alternativo do Lacerdão até o início do jogo contra o Decisão. Durante a partida, o staff rubro-negro transferiu os materiais para espaço principal dedicado aos jogadores da Patativa nos dias de jogos.


FECHAR