publicidade
06/02/20
O presidente Constantino Júnior explicou importância das cotas da Copa do Brasil. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O presidente Constantino Júnior explicou importância das cotas da Copa do Brasil. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

“Desempenho fica em segundo plano”, diz presidente do Santa Cruz ao valorizar cotas da Copa do Brasil

06 / fev
Publicado por Gabriela Máxima em Notícias às 10:58

O Santa Cruz conseguiu importante resultado diante do Operário-MT pela primeira fase da Copa do Brasil. O Tricolor empatou por 0x0 fora de casa e garantiu a classificação para a próxima fase da competição. O presidente do clube coral, Constantino Júnior, celebrou o resultado esportivo, mas destacou, sobretudo, a cota que o Santa Cruz receberá ao avançar de fase. A estimativa é que o Tricolor receba cerca de R$ 1,1 milhão de cotas.

LEIA MAIS

>> Santa Cruz  empata por 0x0 com o Operário-MT e avança na Copa do Brasil

>> “A gente sabia que não ia ser fácil”, diz Didira após jogo do Santa Cruz 

>>”Quem tiver condições físicas vai jogar”, diz Schulle sobre duelo com o Fortaleza

O mandatário falou sobre a importância dos valores referentes à Copa do Brasil e como esse “lastro financeiro” ajudará o clube na contratação de reforços para a disputa da Série C, principal competição de 2020.

“Tem horas que o desempenho é importante, mas em jogos como o de ontem (quarta-feira) o importante era passar de fase. Era o jogo da vida. Temos uma Copa do Nordeste. O diferencial do ano é a cota da Copa do Brasil. O desempenho fica para o segundo plano. Claro que a gente vive em sinal de alerta. Sabe a necessidade de reforços. De deixar a equipe mais competitiva. A passagem vai valer muito para  ganhar confiança. Agora teremos um adversário mais qualificado. Claro que daqui para lá o Santa Cruz terá reforços. Esse lastro financeiro será importante, está ganhando uma condição boa para chegar bem na principal competição do ano que é a Série C”, argumentou o presidente tricolor, em entrevista ao programa Bate Rebate, da Rádio Jornal.

“(O resultado) representa muito. A gente sabe da série de disputa de cotas. Então essa cota representa muito. Claro que também pelo lado técnico, pela questão da pontuação de ranking. A gente pontuou bem ano passado e a gente precisa passar de fase e vamos pegar um confronto muito difícil que deve ser contra o Atlético-GO (jogo será realizado nesta quita-feira, entre União Rondonópolis e Atlético-GO, às 21h30). A gente tem que está bem preparado. Claro que quando não dá na técnica, na qualidade, vai na vontade. A gente conseguiu passar  e isso é muito importante para o clube. A gente vá se organizando, ganhando, isso é muito importante para dar lastro. As vezes o time está jogando bem e perde. A gente viu isso nessa primeira fase. Foram muitos empates, muita equipe grande saindo. Londrina perdeu, Bahia saiu fora diante do River-PI. Vários times de expressão acabaram caindo fora. O próprio Criciúma perdeu de 4×1. Foi importante pelo lado desportivo e financeiro também”, observou.

PRÓXIMO ADVERSÁRIO NA COPA DO BRASIL

Na noite dessa quinta-feira (6), o Santa Cruz conheceu o seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil. Será o Atlético-GO, que despachou o União Rondonópolis-MT por 1 a 0, em jogo realizado no Mato Grosso. Partida ainda não tem data marcada, mas se sabe que será em Goiás, já que o chaveamento foi estipulado anteriormente por sorteio. Agora, não existe vantagem do empate. Por ser jogo único, caso termine na igualdade, a classificação será decidida nos pênaltis. As datas disponibilizadas pela CBF para a disputa dos confrontos são 19/02, 26/02 e 04/03.


FECHAR