publicidade
04/02/20
O Tricolor tem a vantagem do empate no confronto. Foto: Rafael Melo / Santa Cruz
O Tricolor tem a vantagem do empate no confronto. Foto: Rafael Melo / Santa Cruz

Na ex-competição mais democrática do país, Santa Cruz e Operário-MT duelam na estreia

04 / fev
Publicado por Karoline Albuquerque em Copa do Brasil às 19:19

A Copa do Brasil pode até ter deixado de ser a competição mais democrática do país há um tempo, mas segue como a mais rentável para as equipes que disputam. E é com o pensamento na cota que o Santa Cruz e o Operário-MT entram em campo na noite desta quarta-feira (5), às 21h30, para disputar a primeira fase da competição. O jogo acontece na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Apesar de contar com times de todos os estados do Brasil, a Copa tem atualmente um seleto grupo, de times que disputam também a Libertadores da América, que entra já em fase mais adianta, nas oitavas de final, junto com o campeão da Copa do Nordeste, Copa Verde e Série B. Este ano, a competição mantém o formato de apenas jogo de ida na primeira e na segunda fase.

A diferença apenas é que na estreia, o visitante, no caso, o Santa Cruz, tem a vantagem do empate diante do mandante, o Operário de Várzea Grande. Os dois times integram o Grupo 3 nas cotas e receberam R$ 540 mil por participar. Agora, as equipes duelam pelos R$ 650 mil da segunda fase. Quem avançar terá como adversário o vencedor de União Rondonópolis x Atlético-GO, como visitante.

LEIA MAIS:

>Presidente do Santa Cruz quer atuar contra violência das facções organizadas

>Santa Cruz vai ‘abraçar’ crianças envolvidas em tumulto provocado pela principal organizada do Sport

>Organizada do Sport provoca confusão em evento de aniversário do Santa Cruz

TIME

O Santa Cruz deve entrar em campo diferente do jogo de domingo (2), quando recebeu o Vitória pelo Campeonato Pernambucano e venceu por 1×0. Por causa da sequência de jogos (este será o sexto jogo em 18 dias), o técnico tricolor Itamar Schulle deve escalar o zagueiro Danny Morais e os laterais Fabiano e Júnior de volta como titulares. Ele também considera a entrada do meia Didira em campo.

De certeza, o goleiro Maycon Cleiton assegura a vaga entre os 11 iniciais da Cobra Coral. “Essa maratona de jogo, viagem e pouco tempo para treinar e descansar tem que esquecer quando entra em campo. A comissão técnica faz o trabalho de recuperação para a gente chegar descansado para o jogo. Em campo não pode ter desculpa, tem que dar a vida e deixar isso do lado de fora”, disse o arqueiro, que é natural de Cuiabá.

Maycon Cleiton garante a titularidade no time. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

ADVERSÁRIO

Não foi dentro de campo que o Operário-MT chamou atenção neste começo de ano. Em janeiro, a equipe de Várzea Grande, na Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, tentou contratar Bruno, ex-goleiro do Flamengo e preso e condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, além de sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, em 2010. Ele cumpre pena em regime semiaberto domiciliar.

Dentro do gramado, o Operário-MT disputou nesta temporada quatro partidas pelo Campeonato Mato-grossense. Foram sete pontos conquistados até agora, com duas vitórias e um empate. A igualdade foi justamente no último domingo (2), no 0x0 contra o Cuiabá, clássico local.

FICHA DA PARTIDA – OPERÁRIO-MT x SANTA CRUZ

Operário-MT: Igor Rayan; Gil Mineiro, Marcão, Marlon e Kaio; Matias, Natan e Picachu; João, Kaio Felipe e Pilar. Técnico: Luiz Gabardo Júnior.

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Júnior, Danny Morais, William Alves e Fabiano; Bileu, Paulinho e Jeremias; Didira, Mayco Félix e Pipico. Técnico: Itamar Schulle

Copa do Brasil 2020 (1ª fase) Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT) Horário: nesta quarta-feiras (5), às 21h30 Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM) Auxiliares: Marcos Santos Vieira e Anne Kesy Gomes de Sá (ambos do Amazonas) Ingressos: R$ 40 (inteira) E$ 20 (meia)


FECHAR