publicidade
28/01/20
Pernambucano e torcedor do Sport, o atacante Ewandro marcou o gol da vitória. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Pernambucano e torcedor do Sport, o atacante Ewandro marcou o gol da vitória. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Com time alternativo, Sport vence Central e obtém primeira vitória no Estadual

28 / jan
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 21:58

O Sport não precisou colocar força máxima em campo para conquistar a primeira vitória no Estadual. Nesta terça-feira, o Leão venceu por 1×0 o Central, na Arena de Pernambuco, pela terceira rodada. O gol da vitória foi marcado pelo atacante pernambucano, e rubro-negro, Ewandro. A partida marcou o retorno do atacante Hernane Brocador, que entrou no segundo tempo e quase balança a rede.

LEIA MAIS

> Volante do Sport, Betinho sofre concussão e deixa Arena de ambulância

> Ouça o gol do Sport sobre o Central nas ondas da Rádio Jornal

> Ewandro diz que primeiro gol pelo Sport vai ficar marcado

> Confira a vitória do Sport sobre o Central nas lentes da JC Imagem

> Veja todos os lances da vitória do Sport em cima do Central

> Sport busca acordo com Sporting sobre dívida da compra de André

Com o time alternativo, faltou intensidade aos rubro-negros. A defesa quase pagou “caro” por erros de passe e posicionamento. Mas o segundo triunfo de 2020 foi obtido com facilidade, sem grandes destaques. Com o resultado, o time do técnico Guto Ferreira pulou para terceira colocação com cinco pontos.

O próximo jogo da equipe rubro-negra acontece no sábado contra o Vitória pela Copa do Nordeste. A partida válida pela segunda rodada do torneio regional começa às 16h, também na Arena, e terá transmissão exclusiva da TV Jornal/SBT.

O JOGO

Apesar de jogar com poucos titulares, o Sport começou a partida controlando as ações. Com a posse de bola, o Leão encontrou bastante dificuldade no último terço do campo na conclusão das jogadas. Muito por conta da criação, pois o técnico Guto Ferreira escalou três volantes no meio-campo.

Assim, os rubro-negros tentaram explorar as jogadas pelas laterais com os laterais Ewerthon e Luciano Juba junto com os atacante Ewerton e Marquinhos, que levou perigo em chute de fora da área. As demais oportunidades surgiram com Juninho, que tentou completar o cruzamento de bicicleta, e Adryelson em novo arremate.

E como diria o ditado, “água mole, pedra dura, tanto bate até que fura”. Mesmo sem grande intensidade, o Sport conseguiu abrir o placar aos 31 minutos por causa da marcação alta adotado pelo técnico Guto Ferreira. Marquinhos desarmou o adversário próximo da meia lua da grande área, Betinho pegou a sobra e soltou o pé. O goleiro Léo não segurou e no rebote Ewandro mandou para o fundo das redes.

No fim do primeiro tempo, o Central tentou atacar o time rubro-negro, mas sem efetividade. O que mais chamou atenção, e de forma negativa, foi a lesão do volante Betinho. Após uma dividida com Allan Miguel, ele precisou deixar o campo direto para ambulância com corte na cabeça, onde foi encaminhado para um hospital do Recife depois de também ter sofrido uma concussão.

Depois do intervalo, as duas equipes voltaram atuando da mesma maneira. Com um futebol apático, o Central chegou perto do gol rubro-negro em uma cobrança de falta de Bambam e uma saída de bola errada do goleiro Mailson, que Leandro Costa não aproveitou e tropeçou na bola tentando o drible.

Já o Sport, ainda sem muita intensidade, conseguiu a chance mais perigosa do segundo tempo. Ronaldo lançou Hernane Brocador, que dominou, invadiu a grande área e acertou o travessão. Além disso, continuou controlando o jogo, mas errando na conclusão das jogadas.

FICHA DO JOGO – SPORT 1X0 CENTRAL

Sport – Mailson; Ewerthon, Adryelson, Chico e Luciano Juba; Ronaldo (Marcão), Rithely e Betinho (Alê Santos); Marquinhos, Ewandro e Juninho (Hernane Brocador). Técnico: Guto Ferreira.

Central – Léo; Polegar, Allan Miguel, Rangerson e Wendel (Danilinho); Graxa, Bosco (Hebert Paraíba), Evandro e Bruninho (Caíque); Bambam e Leandro Costa. Técnico: Evandro Guimarães.

Local: Arena de Pernambuco, São Lourenço da Mata-PE. Árbitro: Diego Fernando Silva de Lima.
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e John Andson Alves Ribeiro. Gol: Ewandro aos 31 minutos do 1º tempo. Cartões amarelos: Ronaldo e Adryelson (Sport). Público: 4.068 torcedores. Renda: R$ 45.560,00


FECHAR