publicidade
27/01/20
Ronaldinho e Kobe eram amigos. Foto: Reprodução/Instagram @ronaldinho
Ronaldinho e Kobe eram amigos. Foto: Reprodução/Instagram @ronaldinho

Fã de Ronaldinho, Kobe Bryant já havia “sugerido” o jogador para o Náutico

27 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Náutico às 17:14

O mundo esportivo chora a morte de Kobe Bryant. Consagrado em quadra como um dos maiores jogadores de basquete, a lenda do Los Angeles Lakers morreu em um acidente de helicóptero no domingo (26). Mesmo tendo a bola laranja como função, Kobe era fã de futebol e do brasileiro Ronaldinho, de quem também era amigo. Ele chegou, inclusive, a “sugerir” que o Náutico contratasse o jogador.

Era setembro de 2009. Na sessão Torcedor no Mundo, do Blog do Torcedor, um torcedor alvirrubro realizou o sonho de conhecer o ídolo do basquete. Morando na Filadélfia, maior cidade da Pensilvânia e cidade natal de Kobe Bryant, o alvirrubro Eduardo Holanda encontrou o jogador na cidade.

LEIA MAIS:

> Kobe Bryant, lenda do basquete e da NBA, morre em acidente de helicóptero

> Polícia confirma que filha de Kobe Bryant está entre os 9 mortos de acidente

> Saiba como foi a infância, a juventude e o reinado na NBA de Kobe Bryant, que morreu neste domingo

Eduardo Holanda encontrou Kobe Bryant em 2009. Foto: Acervo pessoal

Além da foto, Eduardo pediu um autógrafo junto ao escudo do Náutico. Na época, ele relatou o encontro com o eterno Camisa 24 dos Lakers e pentacampeão da NBA (ainda tetra no encontro). Foi quando Kobe sugeriu que o Timbu tivesse Ronaldinho vestindo suas cores.

“Depois de me perguntar que clube era aquele e eu informá-lo que se tratava de um dos times mais tradicionais do Brasil mas que atualmente estava correndo risco de cair para a Segunda Divisão, ele soltou essa: ‘Manda contratarem o Ronaldinho que não cai! Eu garanto…’. Aos risos e desejando boa sorte”, disse Eduardo, há dez anos.

ACIDENTE

Kobe Bryant faleceu aos 41 anos neste domingo (26). O astro foi vítima de um acidente de helicóptero, nas colinas perto de Calabasas, no sul da Califórnia. Além dele, outras oito pessoas estavam na aeronave, incluindo sua filha Gianna, de 13 anos. A garota seguia os passos do pai e sonhava em ser também jogadora de basquete.

“A melhor coisa que acontece é quando saímos e os fãs se aproximam e ela fica ao meu lado (…) e eles dizem ‘você precisa ter um menino, você precisa ter alguém para seguir sua tradição, o legado’. E ela responde ‘Eu faço isto'”, disse Kobe 2018, durante uma entrevista a Jimmy Kimmel.


FECHAR