publicidade
27/01/20
Funcionários do Santa Cruz descartam a possibilidade de incêndio proposital. Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem.
Funcionários do Santa Cruz descartam a possibilidade de incêndio proposital. Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem.

Árvore pega fogo, tomba e provoca danos de até R$ 3 mil no Santa Cruz

27 / jan
Publicado por Diego Borges em Notícias às 17:09

Uma das árvores que rodeiam o estádio do Arruda, localizada na esquina da Rua das Moças com a Avenida Beberibe, tombou neste domingo após ter a base do tronco atingida por fogo. Com a queda, o gradil que contorna uma das bilheterias e parte do estacionamento acabou danificado e cedeu, além da interrupção do fornecimento da loja do clube, localizada na sede.

LEIA MAIS

Inspirado em Tiago Cardoso, Maycon Cleiton vem se firmando na meta do Santa Cruz

Santa Cruz se explica após vídeo mostrar túnel de acesso ao gramado com lama e água

Didira mira jogo contra CRB e pede Santa Cruz como enfrentou Bahia

Funcionários do clube acreditam na hipótese de que ambulantes possam ser os possíveis responsáveis pelo fogo, após despejar carvão utilizado em fogareiros, porém descartam a hipótese do fogo ser intencional. Em entrevista ao Jornal do Commercio, o arquiteto da Comissão Patrimonial do clube, Cesar Augusto, relatou o fato.

 

“Alguém ateou fogo na base da árvore neste domingo e o fogo acabou subindo. A gente acionou o Corpo de Bombeiros, eles vieram e fizeram contenção do fogo. Mas ela não suportou o peso e tombou por cima do gradil”, contou o arquiteto.

Ainda de acordo com Cesar Augusto, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife – Emlurb e a Companhia Energética de Pernambuco – Celpe devem realizar os próximos procedimentos. “Estamos aguardando a Emlurb. Eles já fizeram os primeiros cortes nos galhos. Como os galhos são grandes e longos, eles dividem para poder transportar. A lojinha, que é uma instalação independente da do clube, eles ainda estão sem energia e a acionaram a Celpe. Eles estão para vir e acionar de volta o fornecimento”, explicou.

CUSTO DE R$ 3 MIL

Segundo Cesar Augusto, o conserto não deve demorar, porém deve trazer um custo financeiro para o Santa Cruz em torno de até R$ 3 mil. “É rápido. A gente já retirou as partes (do gradil) em piores condições a gente substitui. As que tiverem em condições de reuso, a gente aproveita. Deve custar entre R$ 2 a R$ 3 mil reais”, projeta o arquiteto.


FECHAR