publicidade
23/01/20
Juninho marcou gols, mas ficou devendo diante do Vitória. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Juninho marcou gols, mas ficou devendo diante do Vitória. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Opinião: aspirantes do Sport não passam por média

23 / jan
Publicado por Carlyle Paes Barreto em Instant Articles às 11:02

Se os aspirantes do Sport passaram por média no vestibular dos Aflitos, domingo, na noite desta quarta-feira eles não atingiram a média, no “Enem ” da Arena de Pernambuco. No novo empate, agora com o Vitória, mais erros que acertos. Mantendo a classificação lá por baixo.

De bom, a avaliação de garotos que vinham sendo apontados como eternas promessas. Especialmente Pardal e Pablo Maranhão. Como eles, Alessandro e Ewerthon também tiveram oportunidades de mostrar seu futebol. Todos com certo talento. Mas ainda aquém do que precisa o time principal.

 

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

 

LEIA MAIS

> Guto Ferreira lamenta novo empate e chances perdidas do Sport

> Em jogo apático, Sport fica no empate diante do Vitória-PE na Arena

> Sport acerta repactuação de dívida com Hernane Brocador em 36 parcelas

> Com Ilha do Retiro em reforma, Sport divulga instalação de novas cadeiras

Mas não foram apenas eles. Ronaldo, Vicente e Juninho, trio da base com maior rodagem, também ficou devendo diante do Vitória. A exemplo do veterano William farias, que entrou no segundo tempo sonolento. Parecendo não ter estudado para uma prova.

Rithely voltou a vestir a camisa do Sport depois de dois anos. Sem ritmo, mas dominando o meio de campo. Quando saiu, deixou espaço. E viu, do banco, o time de Guto empatar mais uma. Como costumava fazer no ano passado. Na Série B foram 16 vezes. Esta semana já são mais duas.

Por enquanto dá para levar. Mas é bom ficar atento. Para evitar mais reprovações.


FECHAR