publicidade
23/01/20
O técnico Guto Ferreira ainda não sentiu o gosto da vitória com o Sport em 2020. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O técnico Guto Ferreira ainda não sentiu o gosto da vitória com o Sport em 2020. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Guto Ferreira lamenta novo empate e chances perdidas do Sport

23 / jan
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 0:32

O técnico Guto Ferreira lamentou mais um empate do Sport no início desta temporada. Ele explicou que foi preciso tirar o zagueiro Adryelson, volante Willian Farias e o atacante Elton por conta do condicionamento físico após a estreia em 2020 no último domingo contra o Náutico. O treinador também salientou que a partida desta quarta-feira contra o Vitória das Tabocas teve um estilo diferente. O que proporcionou uma novidade para os garotos, que de novo formaram a maior parte do elenco.

LEIA MAIS

> Jogadores do Sport falam em “levantar a cabeça” após segundo empate

> Em jogo apático, Sport fica no empate diante do Vitória-PE na Arena

> Confira lance a lance do empate do Sport diante do Vitória das Tabocas

> Sport acerta repactuação de dívida com Hernane Brocador em 36 parcelas

> Sport usa letra “D” na braçadeira de capitão em homenagem a Durval

“Tiramos jogadores que estavam com um maior desgaste. Domingo, as duas equipes saíram para o jogo. Diferente de hoje (ontem). Tivemos que impor nosso futebol diante de um adversário que na maior parte do tempo só se defendeu. Se a gente tivesse ampliado o placar nas chances que criamos quando estava 1×0, a situação seria outra”, afirmou Guto.

Segundo o técnico, a história do confronto poderia ser outro se a equipe tivesse aproveitados as chances criadas. “As oportunidades foram surgindo e não foram aproveitadas. E isso pesou. Depois do empate, ficou difícil reagir. No final da partida, falei que era preciso ter calma. Tem meninos que voltaram a jogar bem e outros caíram de produção. O que é normal nesse processo. E isso eles sabem”, comentou.

Mesmo ainda não tendo obtido a primeira vitória, o comandante ainda ressaltou que não é momento para desespero. “O placar não foi o que queríamos, mas não podemos sair achando que está tudo errado. Na medida que ganharmos mais jogadores experientes, vamos mesclando a equipe para gerar estabilidade aos mais novos”, contou.


FECHAR