publicidade
22/01/20
Juninho marcou gols, mas ficou devendo diante do Vitória. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Juninho marcou gols, mas ficou devendo diante do Vitória. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Em jogo apático, Sport fica no empate diante do Vitória-PE na Arena

22 / jan
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 23:24

O Sport continua sem vencer em 2020 e sentindo o início de temporada com um curto espaço de preparação. Ainda com o time recheado de garotos da base, o Leão empatou de novo por 1×1, nesta quarta-feira, na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Desta vez, em um jogo apático contra o Vitória das Tabocas, que só se defendeu, na segunda rodada do Estadual.

LEIA MAIS

> Confira lance a lance do empate do Sport diante do Vitória das Tabocas

> Sport acerta repactuação de dívida com Hernane Brocador em 36 parcelas

> Sport usa letra “D” na braçadeira de capitão em homenagem a Durval

O goleiro Mailson pouco trabalhou na partida. Na melhor chance do adversário, não conseguiu salvar o Leão. O técnico Guto Ferreira tirou Adryelson, Willian Farias e Elton da equipe principal. Por outro lado, promoveu a reestreia de Rithely e mostrou confiança em Cleberson, que foi o capitão.

O JOGO

O Sport começou a partida em cima do Vitória das Tabocas. E, rapidamente, encontrou o caminho do gol. Aos 11 minutos, Vicente recebeu lançamento pelo lado esquerdo, invadiu a grande e tocou para Pardal, que ajeitou para Juninho. O atacante rubro-negro não pensou duas vezes e mandou de bico para o fundo da rede. Com o resultado positivo a favor, o Leão não deixou o adversário respirar, mas teve dificuldade nas finalizações e diminuiu o ímpeto.

Muito porque a criação no meio-campo ficou sob responsabilidade dos volantes Ronaldo e Rithely. Ambos forçaram bastante as bolas longas. Pardal e Pedro Maranhão abertos não auxiliaram. Somente aos 34 e 35 conseguiu levar perigo novamente. Pela direita, Ewerthon invadiu a grande área e cruzou rasteiro para Alê Santos. O jovem volante “furou” e na sobra Pardal mandou por cima do gol. Em seguida, Chico mandou um chutaço de longe.

No segundo tempo, o ritmo do jogo continuou morno. Tudo estava dominado pelo Sport até um vacilo da defesa aos 28. Chico tocou para Willian Farias, que devolveu em um passe curto. O atacante Erverson não perdoou, roubou a bola, invadiu a grande área e bateu na saída de Mailson para empatar o duelo.

No fim do jogo, pesou a parte física do elenco rubro-negro e falta de entrosamento da equipe. O Leão acabou a partida com oito atletas oriundos das categorias de base, que não tiveram o mesmo espírito do clássico contra o Náutico.

FICHA DO JOGO – SPORT 1X1 VITÓRIA DAS TABOCAS

Sport – Mailson; Ewerthon, Cleberson, Chico e Vicente; Ronaldo, Rithely (Willian Farias), Alê Santos e Pardal; Pedro Maranhão (Elton) e Juninho (Júlio). Técnico: Guto Ferreira.

Vitória das Tabocas – Felipe Alisson; Valber, Oseas, Fabinho Vitoria e Giva; Wires, Misso (Christian Grasse) e Fael; Lucas Santos (Thomaz), Paulo e Alex Bruno (Erverson). Técnico: Alexandre Aguiar.

Local: Arena de Pernambuco, São Lourenço da Mata. Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos. Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e Jose Romão da Silva Neto. Gols: Juninho aos 11 minutos do 1º tempo e Erverson aos 28 minutos do 2º tempo. Cartões amarelos: Vicente e Cleberson (Sport). Lucas Santos (Vitória). Renda: Público: 3.448 torcedores. Renda: R$ 41.730,00


FECHAR