publicidade
09/01/20
Goleiro tem passagem pelo clube entre 2011 e 2016, conquistando sete títulos. Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Goleiro tem passagem pelo clube entre 2011 e 2016, conquistando sete títulos. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Santa Cruz anuncia retorno de Tiago Cardoso: ‘O Paredão Voltou’

09 / jan
Publicado por Diego Borges em Notícias às 22:34

Enfim, a novela encerrou. O Paredão do Arruda está de volta. Aos 35 anos, o goleiro Tiago Cardoso retorna ao Santa Cruz, onde construiu uma história de títulos e acessos fundamentais para o resgate da imagem do clube, da Série D para a Série A, além da conquista da Copa do Nordeste de 2016, do Brasileiro da Série C de 2013, e outros cinco títulos estaduais (2011, 2012, 2013, 2015 e 2016).

Após uma longa conversa por negociação com o goleiro, os acordos foram acertados e o arqueiro está de volta ao clube coral. Segundo a apuração do repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, Tiago Cardoso chega ao Santa Cruz com salário por volta de R$ 28 mil, além dos custos por moradia (aproximadamente R$ 3 mil).

Para acertar com Tiago Cardoso, o Santa Cruz conseguiu como parceiro no negócio. A indústria de alimentos Kicaldo, patrocinadora do clube que ficará responsável pelo pagamento de uma porcentagem do valor, que chega a ser metade do salário do goleiro. Na apresentação, jogos, entrada em campo e entrevistas, Tiago Cardoso deverá usar um boné com a marca da empresa.

CURRÍCULO

Natural de Altos, no Piauí, Tiago Cardoso atuou em clubes do interior do Nordeste, até chegar ao Athletico-PR, onde passou longos anos. Jogou ainda por Fortaleza, ABC, Atlético-MG e Monte Azul, até chegar ao Santa Cruz em 2011. Pelo time coral, Tiago Cardoso se firmou logo na primeira temporada, realizando defesas milagrosas e fundamentais para a conquista do Campeonato Pernambucano – que não vinha há cinco temporadas -, além do acesso da Série D para a Série C.

Nos anos seguintes, Tiago Cardoso mais uma vez foi decisivo para os Estaduais de 2012 e 2013, com atuações espetaculares contra o rival Sport, que aumentaram a identificação do torcedor coral com o camisa 1, que logo ganhou o apelido de ‘Paredão do Arruda’, assim como na Série C de 2013, com acesso à Série B e título.

Mais um ano de grande conquista em 2015, com nova taça do Campeonato Pernambucano e o acesso de volta à Série A após dez anos longe da Elite do Campeonato Brasileiro, com arrancada para o vice-campeonato da Série B e a seguinte conquista da Copa do Nordeste, além do quinto título estadual do goleiro no clube.

Após um bom início na Série A, com direito a liderança na tabela nas primeiras rodadas, o rendimento de Tiago Cardoso acompanhou o dos demais atletas do elenco e, envolvido em crise de atrasos salariais, o clube acabou rebaixado. Ao final da temporada, Tiago Cardoso não aceitou a renovação de contrato e deixou o clube alegando pagamentos atrasados, rumando para o rival Náutico, o que fez arranhar a imagem de ídolo para parte da torcida coral.

A VIDA APÓS O SANTA CRUZ

No Timbu, Tiago Cardoso não repetiu o sucesso alcançado no Arruda, largando o Náutico durante a Série B de 2017, que culminou no rebaixamento para a Série C. Já em 2018, o goleiro resgatou o brilho da carreira após levar o Botafogo-SP de volta à Série B e jogou pelo Goiás na mesma temporada, mas logo caiu de rendimento novamente. Tiago Cardoso ainda defendeu o Mirassol em 2019 antes de voltar ao Tricolor de Ribeirão Preto, mas também não conseguiu retomar as grandes glórias, desafio que assume agora no Santa Cruz, clube onde escreveu as melhores páginas de sua longa história no futebol brasileiro.


FECHAR