publicidade
06/01/20
Jogador tem contrato com o Leão até 2022. Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Jogador tem contrato com o Leão até 2022. Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem

Relembre bons e maus momentos do volante Rithely no Sport

06 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 21:20

Dizem que tudo que vai, volta, e, neste momento, pode ser aplicado também ao futebol pernambucano. O volante Rithely havia retornado do empréstimo ao Internacional e pairava a dúvida: fica no Sport ou sai novamente? Eis que chegou a decisão nesta segunda-feira (6) e ele fica no Leão, voltando a vestir a camisa rubro-negra depois de quase dois anos longe. Então, vale relembrar o histórico do jogador em solo pernambucano.

LEIA MAIS:

>Sport oficializa retorno do volante Rithely para temporada 2020

>Sport volta a ter a maior folha salarial do Campeonato Pernambucano

>Sport: empresário diz que Guilherme pensa em atuar fora do Brasil

CHEGADA

Natural de Imperatriz, no Maranhão, o jogador começou profissionalmente no Goiás. Chegou ao Sport na metade de 2011, através do técnico Hélio dos Anjos. Até o final daquele ano, jogou 26 partidas pelo clube, sendo titular em 23. Mas, o volante sofria duras críticas e era chamado de “Ruimthely” por uma parte da torcida rubro-negra.

VIRADA

Rithely demorou a engrenar, perdia muitos gols e as críticas continuavam. O Sport, por sua vez, passou apenas 2012 na Série A e voltou à Segunda Divisão. Foi então na temporada 2013 que o jogador teve sua virada. Disputou 50 jogos naquele ano e viveu como grande momento a partida contra o América-RN, em Ceará-Mirim, pela 8ª rodada da Série B. A vitória por 4×2 contou com um hat-trick do volante.

rithelyuan7, Sport, rithely
Foto: André Nery/JC Imagem

Sob o comando dos técnicos Eduardo Baptista e Falcão, o volante cresceu em campo. Em 2014, conquistou os primeiros títulos com o Rubro-negro, ao vencer o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste, além de integrar o time na campanha do Campeonato Brasileiro da Série A 2015, quando o Sport terminou a competição em 6º lugar, com 59 pontos, três fora do então G4 de classificação para a Libertadores.

RENOVAÇÃO

Em janeiro de 2017, mais um passo para Rithely no Sport. Depois de uma negociação frustrada com o Corinthians, o Sport fez um novo acordo com o volante. O clube pernambucano, que tinha 50% dos direitos, adquiriu o restante e ficou com 100% dos direitos econômicos do jogador, além de estender o contrato até janeiro de 2022.

SAÍDA

Mas, o começo de 2018 foi conturbado. Rithely se apresentou no dia 5 de janeiro, dois dias depois do previsto. Ele havia informado ao então técnico Nelsinho Batista sobre o atraso e desabafou em seguida. Com problemas físicos, o volante jogou apenas duas partidas naquele ano. Foi negociado com o Internacional, precisou passar por uma cirurgia e não voltou a entrar em campo até janeiro do ano passado.

No clube gaúcho, Rithely fez 16 jogos, sendo titular em 14 deles. Sua última partida foi no mês de setembro, na vitória do Colorado sobre o Atlético-MG, fora de casa, pela 19ª rodada do Brasileirão. Com o fim do contrato, retornou ao Sport neste início de 2020 e agora confirma a permanência.

 


FECHAR