publicidade
03/01/20
Foto: Rafael Melo / Santa Cruz FC.
Foto: Rafael Melo / Santa Cruz FC.

Volante do Santa Cruz destaca responsabilidade de vencer na estreia

03 / jan
Publicado por Klisman Gama em Notícias às 7:46

O Santa Cruz já faz a contagem regressiva para a estreia oficial na temporada, que ocorrerá no dia 18 de janeiro. O duelo será contra o Petrolina, no Arruda, pelo Campeonato Pernambucano. Faltando 15 dias para esse “start”, o Tricolor ainda tem o seu elenco em formação. São 11 jogadores que chegaram ao clube até então e ainda há a busca por mais três a quatro nomes. Mesmo com um time que chegará sem tanto entrosamento no primeiro confronto do ano, o grupo ressalta a importância de vencer e começar bem.

LEIA MAIS

>> Ídolo coral, Tiago Cardoso deixa em aberto retorno para o Santa Cruz

>> Bahia faz homenagem a Evaristo de Macedo, ídolo no Santa Cruz

>> Após insucessos, Santa Cruz tenta tirar lição para ter um 2020 diferente

“Está chegando jogador novo, não sabemos o que o professor vai optar para jogar. Os que vinham treinando aqui já tem uma noção boa, um pouco melhor do que os caras que estão chegando e vão se entrosar com o grupo. Sabemos que é difícil. As equipes de menor expressão já vem treinando há mais tempo que nós. Mas temos que ter a responsabilidade que o Santa Cruz é um time de massa, de cobrança e não podemos estar pensando menos que a vitória no dia 18”, avaliou o volante Bileu.

No segundo “pacote” de contratações feito pelo Santa Cruz para a temporada, mais jogadores rodados chegaram ao elenco. Bileu, de 30 anos, foi o único que veio no começo da pré-temporada. A chegada de nomes como Didira, Paulinho, Júnior, acrescenta experiência a um elenco que ainda estava carente de maiores opções deste tipo. Perguntado sobre quem pode jogar, o cabeça de área deixou a responsabilidade com o treinador Itamar Schulle.

“É importante, a gente sabe que o Santa Cruz está fazendo contratações pontuais. Didira todo mundo já conhece, o Paulinho também. O Júnior que está vindo da Série B também, e estão vindo para ajudar. E quanto mais gente à disposição do treinador, fica melhor para a sequência do campeonato. A gente sabe que serão quatro competições difíceis. Estamos com o intuito de fazer boas competições e o mais importante, subir para a Série B”, encerrou.


FECHAR