publicidade
01/01/20
O Leicester voltou a vencer. Foto: LINDSEY PARNABY / AFP
O Leicester voltou a vencer. Foto: LINDSEY PARNABY / AFP

Leicester estreia em 2020 com vitória; Tottenham e Chelsea decepcionam

01 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol Internacional às 17:22

Da AFP – O Leicester se manteve firme na vice-liderança da Premier League, ao vencer nesta quarta-feira (1º) por 3×0 o Newcastle (12º) fora de casa, pela 21ª rodada, em que o Tottenham (6º) foi supreendido pelo Southampton (11º) e o Chelsea (4º) apenas empatou com o Brighton (14º).

Os ‘Foxes’ do técnico Brendan Rodgers continuam dando o que falar na Inglaterra. Mesmo após perder consecutivamente contra o Manchester City (3º) e Liverpool (1º) no final de dezembro, o Leicester tem o prêmio de triunfos e mantém a sombra dos ‘Reds’, para frustrar os ‘Citizens’ de Josep Guardiola.

LEIA MAIS:

>David Villa se aposenta vencendo Copa do Imperador japonesa com Vissel Kobe

>Fãs do futebol se dividem sobre presença da Red Bull no escudo do Bragantino

>Ex-jogadora do Sport surpreende ao trocar São Paulo por Palmeiras

O time visitante não se abalou com o desfalque de seu artilheiro Jamie Vardy (17 gols), e venceu o Newcastle com gols do espanhol Ayoze Pérez (36) e dos jovens James Maddison (39) e Hamza Choudhury (87).

Com os três pontos, os ‘Foxes’ somam agora 45, quatro a mais do que o City, que entra em campo sob pressão para enfrentar o Everton (10º) revigorado depois que o técnico Carlo Ancelotti assumiu o comando. O Newcastle está em 12º na tabela com 25 pontos, seis acima da zona de rebaixamento que por enquanto é aberta pelo West Ham (18º).

Os ‘Hammers’, que têm uma partida a menos – o duelo com o líder Liverpool que foi adiado quando os ‘Reds’ disputaram (e venceram) o  Mundial de Clubes -, vão entrar em campo pressionados nesta quarta fora de casa contra o Bournemouth.

‘Spurs’ e ‘Blues’ decepcionam

Ao contrário do Leicester, o Tottenham (6º) de José Mourinho  não soube aproveitar sua partida diante de um adversário teoricamente mais fácil e perdeu por 1×0 para o Southampton (11º), que se distanciou nas últimas semanas da zona de rebaixamento com três vitórias e um empate.

“É difícil. O trabalho não consiste apenas em comprar, mas em trabalhar com os jogadores em campo. É algo muito difícil para nós porque não temos tempo para fazer isso”, declarou Mourinho após a partida. O atacante Danny Ings, que já soma 13 gols nesta Premier League, foi o carrasco dos ‘Spurs’.

Mais cedo o Chelsea (4º) não conseguiu estrear em 2020 fora de casa contra o Brighton (14º) com o pé direito e ficou só no empate de 1×1 diante dos ‘Seagulls’, depois de ter ficado em vantagem no placar durante a maior parte do jogo.

O zagueiro espanhol César Azpilicueta (9) foi o autor do primeiro gol do ano na Premier, depois de aproveitar uma sobra na área do Brighton após um escanteio do Chelsea. Mas quando o time comandado pelo técnico Frank Lampard caminhava para sua segunda vitória consecutiva, o iraniano Alireza Jahanbakhsh deixou tudo igual (84) com uma bicicleta espetacular.

Levando em conta que o Manchester United (5º) visita nesta quarta-feira o Arsenal (13º), os ‘Blues’ tinham uma boa chance de se distanciar dos ‘Diabos Vermelhos’ na tabela e se firmar na ‘Zona da Champions’. Mas este ponto deixa o Chelsea com 36 pontos, na quarta posição, cinco acima do United e seis a mais que o Tottenham (6º).

Já o Brighton segue somando pontos e ocupa o 13º lugar com 24 pontos, depois de vencer no sábado o Bournemouth (17º). Também nesta quarta-feira o Aston Villa (16º) deixou provisoriamente a zona de rebaixamento ao vencer por 2×1 o Burnley (14º) e colocou na degola o West Ham (18º), que voltou a ser comandado pelo técnico David Moyes.

Em outro jogo do dia, o vice-lanterna Watford (19º) ganhou um pouco de fôlego ao vencer o Wolverhampton (7º) em casa por 2×1. Na quinta-feira (2) só haverá uma partida: o todo poderoso Liverpool (1º) enfrenta o surpreendente Sheffield United (8º).


FECHAR